Autor: Nida Lira - Pausa na Monotonia

Prefeitura de Mossoró publica edital de Prêmio de Incentivo à Cultura

A Prefeitura Municipal de Mossoró publicou, no Jornal Oficial de Mossoró (JOM) de sexta-feira passada, 29, o edital do Prêmio de Incentivo à Cultura Maurício Oliveira, que apoiará a montagem e circulação de expressões culturais locais, por meio da seleção pública de projetos em três áreas de atuação: artes cênicas, música e cultura popular. A iniciativa investirá R$ 80 mil a serem distribuídos entre as referidas categorias.

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas, no período de 2 a 29 de maio, das 8h às 13h, na Secretaria Executiva de Cultura, que está localizada no Centro Administrativo, Rua Pedro Alves Cabral, s/n, bairro Aeroporto. Os interessados deverão preencher formulário que será disponibilizado no site da Prefeitura (www.prefeiturademossoro.com.br), como também na sede da secretaria.

O prêmio de incentivo é composto por três subdivisões. O Prêmio de Artes Cênicas Ivonete Di Paula (total de R$ 40 mil) compreende expressões culturais de dança, produção teatral, atividade circense, ópera e mímica, performance e talk show. O Prêmio da Música Maestro Batista (total de R$ 25 mil) contempla expressões culturais relacionadas à combinação de sons produzindo efeitos melódicos, harmônicos ou rítmicos em diferentes modalidades e gêneros musicais.

9461823222_40ef85d686

Ainda segundo o JOM, o Prêmio Cultura Popular Antônio Francisco (total de R$ 15 mil) compreende expressões culturais de espetáculos folclóricos e exposição de artesanato, festas populares e outras manifestações típicas, materiais e simbólicas, traduzindo conhecimentos, provérbios, causos, danças, cantorias, folguedos, culinária, medicina popular, feiras livres, lendas, parlendas, mitos, adivinhações, simpatias, autos, festas religiosas, jargões populares e afins.

A publicação salienta que cada categoria contemplará cinco projetos vencedores. A distribuição dos recursos obedecerá à ordem de seleção dos projetos. Os demais requisitos para participar do Prêmio de Incentivo Maurício Oliveira constam no edital, que já pode ser acessado através do link: http://www.sistemascactus.com/jom/edicoes/edicoesJom/jom354.pdf

LEI MAURÍCIO OLIVEIRA

Sancionada pelo prefeito Francisco José Júnior, a Lei Maurício Oliveira, de 20 de março de 2015, apresenta mecanismos para implementação do prêmio de incentivo e estabelece ações de fomento e promoção de espaços públicos culturais visando ao fortalecimento do processo de circulação dos bens culturais locais e valorizando a cultura em suas várias formas de expressão.

Efeitos da Maçã e Tomate Verde na SARCOPENIA

A sarcopenia é um processo fisiológico que ocorre ao longo dos anos, marcado pela redução da função muscular, que leva à maior degradação proteica e redução da capacidade de força.

Esta condição é atrelada a algumas alterações celulares, evidentes no envelhecimento. O fator de transcrição ATF4 é um gatilho sugerido neste processo de atrofia muscular, sendo sua expressão gênica evidente no envelhecimento.

Alguns estudos sugerem que este fator de transcrição seja responsável por reduzir alguns sinalizadores de síntese proteica no meio intracelular que, por consequência, prejudica marcadores de força e hipertrofia.

Pesquisadores da Universidade de Iowa (EUA) identificaram dois compostos bioativos que podem reduzir a evolução da sarcopenia – o ácido ursólico e tomatidina, encontrados respectivamente na maçã e no tomate verde.  Ao administrarem estas substâncias, em ratos, os autores observaram redução na expressão gênica de ATF4, fato interessante para evitar perdas musculares que interferem nas capacidades físicas do idoso.

Embora o estudo tenha sido conduzido em modelo animal, vale ressaltar que estas substâncias podem ser obtidas por meio do consumo regular destes alimentos. Ainda, é importante considerar os outros compostos bioativos – além de vitaminas, minerais e fibras – encontrados nestes alimentos, que certamente irão colaborar com benefícios à saúde.

 

tomate

Microcefalia: casos confirmados chegam a 1.198, segundo ministério

Do G1, São Paulo;

O número de casos confirmados de microcefalia no Brasil chegou a 1.198. Ao todo, foram 7.228 notificações desde o início das investigações, em 22 de outubro, até 23 de abril. Segundo a pasta, 2.320 casos foram descartados e outros 3.710 casos ainda estão sendo investigados.

Os dados são do boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (26). Dos casos confirmados de microcefalia, 194 tiveram teste positivo para o vírus da zika.

Estados
O estado com maior número de casos confirmados ainda é Pernambuco, com 334 casos, seguido da Bahia, com 221, Paraíba, com 112, e do Maranhão, com 99.

Desde 22 de outubro, houve 251 notificações de mortes por microcefalia ou outras alterações no sistema nervoso central durante a gestação ou após o parto. Deste total, 54 óbitos foram confirmados para microcefalia e alterações do sistema nervoso central, 30 foram descartados e 167 continuam sob investigação.

Zika: mais de 91 mil casos em 2016
O vírus da zika já circula em todas as unidades da federação, segundo o Ministério da Saúde. Nesta terça-feira, a pasta divulgou, pela primeira vez, o número de casos prováveis de zika no país. Foram 91.387 notificações da doença neste ano, até 2 de abril, o que corresponde a uma taxa de incidência de 44,7 casos por 100 mil habitantes. Do total, 31.616 foram confirmados.

Até o momento, o Ministério da Saúde só divulgava em seus boletins quantos estados tinham tido notificações de zika e o número de casos de microcefalia provavelmente relacionados ao vírus, mas não o número de casos da doença no país, por isso esse dado é inédito.

Do total de notificações, 7.584 foram em gestantes, dos quais 2.844 foram confirmados por critérios clínico-epidemiológicos ou laboratoriais.

A região centro-oeste teve a maior taxa de incidência: 113,4 casos por 100 mil habitantes.

O estado com maior número de casos prováveis de zika é o Rio de Janeiro, com 25.930 notificações, seguido por Bahia (25.061), Mato Grosso (16.055) e Minas Gerais (6.693). São Paulo teve 1.500 notificações.

Houve três mortes por zika confirmadas laboratorialmente: uma em São Luís (MA), uma em Benevides (PA) e uma em Serrinha (RN).

 

RN já soma três mortes por H1N1, confirma Sesap

Dados foram divulgados na ultima quarta-feira (20).
Outros três casos confirmados da doença evoluíram para a cura.

Do G1 RN

A Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) da Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) divulgou na manhã desta quarta-feira (20) um boletim atualizado com dados sobre a situação epidemiológica da gripe H1N1 no Rio Grande do Norte. Segundo a Sesap, seis casos da doença já foram confirmados este ano no estado. Destes, três pacientes foram curados e três morreram.

Também de acordo com a Sesap, até o dia 16 de abril (referente à semana epidemiológica nº 15) foram notificados 69 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo que um foi confirmado para a Influenza A H3N2, 47 estão em investigação e 15 foram descartados para Influenza e para vírus respiratórios.

Dentre os 69 casos notificados para SRAG, 17 evoluíram para o óbito.

A Sesap explica que a confirmação dos casos se dá por isolamento viral a partir de amostra de secreção nasofaríngea. No caso do Rio Grande do Norte, estas amostras são processadas pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém.

A Influenza A (H1N1) é uma doença respiratória aguda (gripe), transmitida de pessoa a pessoa principalmente por meio da fala, tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

Secretaria de Saúde antecipa vacinação contra H1N1 no RN

Campanha acontece entre os dias 25 de abril e 20 de maio.
Ao todo, 776.019 pessoas devem ser vacinadas no estado.

Do G1 RN

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) antecipou para o dia 25 de abril o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (H1N1). Durante a campanha, serão imunizados grupos prioritários. A campanha segue até o dia 20 de maio.

Devem ser imunizados idosos, crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias pós-parto), trabalhadores da área da saúde, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens sob medida socioeducativas (12 a 21 anos).

Na última sexta-feira (14), o Programa Nacional de Imunizações (PNI) realizou o repasse de parte das doses destinadas ao RN. A população a ser vacinada no estado é de 776.019 mil pessoas, de acordo com dados do Programa Estadual de Imunizações da Sesap.

“Os Carcarás” e toda sua brasilidade no palco do Teatro Dix-Huit Rosado

A receita é simples: una cinco cantores com larga experiência musical; insira porções generosas de nordestinidade e brasilidade; acrescente uma boa pitada de referências internacionais e não se esqueça de um toque final de criatividade. Assim nasceu o grupo vocal Os Carcarás, a partir do estímulo de participar da seleção do quadro A Cappella, do Domingão do Faustão.

Após serem aprovados em um processo seletivo de pesquisa que envolveu grupos vocais de todo o país, os cantores Isaque Galvão, Jaina Elne, Edu Sá, Hellena Mey e Judson Philipe, mergulharam em um rico processo de preparação proporcionado pela produção do quadro. Com uma performance eletrizante de Beija-Flor, da Timbalada, Os Carcarás fizeram a sua estreia e avançaram na competição para as semifinais. O grupo foi eliminado ao interpretar “Vem Dançar Comigo (Kuduro)”, com nota nacional de 9,9 e nota da plateia 8,2, numa escala que vai até 10.

Após a eliminação na semifinal realizada no dia 06/03, Os Carcarás alçam voo e passam a levar sua música aos quatro cantos do país. No show “Os Carcarás – Pega, Mata e Come” o grupo apresenta um repertório baseado na música popular brasileira, regada pela estética nordestina e com influências da música do mundo.

O novo show apresenta o grupo em várias facetas: formato a cappella, formato com banda, performances em quarteto e solos. O show estreia dia 14/04, no Teatro Riachuelo, e depois cai na estrada pra levar uma mistura de ritmos aos palcos do Brasil.

Em Mossoró, Os Carcarás se apresentam no dia 07 de maio, no Teatro Dix-Huit Rosado, a partir das 20h. As senhas antecipadas podem ser adquiridas na Pathernon  Locadora, Nova Betânia Mall.

Banda potiguar “Plutão já foi Planeta” se destaca no Super Star

A banda potiguar Plutão Já Foi Planeta ficou em primeiro lugar no ranking do programa Superstar, da rede Globo.  A banda agradou bastante o público e os jurados apresentando a música “Viagem perdida”, atingiu 90% de aprovação e é a grande recordista da temporada no programa. Formada por Natália Noronha, Gustavo Arruda, Sapulha Campos, Vitória de Santi e Khalil Oliveira, a banda tem espaço garantido na cena underground natalense.

plutao

Agora o grupo segue para a fase seguinte do Reality show. A banda vencedora irá receber um prêmio de R$ 500 mil, além de um contrato com a gravadora Som Livre.

Confira abaixo o clipe da música “Daqui pra lá”:

https://www.youtube.com/watch?v=IVixUie6I3E

RN tem 85 casos confirmados de microcefalia, diz Sesap

Do G1 RN

O Rio Grande do Norte tem 85 casos confirmados de microcefalia até o dia 9 de abril. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (13) pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). De acordo com o boletim, o estado registra 414 casos suspeitos de microcefalia relacionados às infecções congênitas. Os casos notificados estão distribuídos em 81 municípios do estado.

Do total, 295 estão sob investigação, 85 foram confirmados e 34 foram descartados (descartados por apresentar exames normais, por apresentar microcefalia e/ou malformações congênitas por causas não infecciosas ou por não se enquadrar nas definições de casos).

images (1)

Dos casos notificados, 3,7% evoluíram para óbito após o parto ou durante a gestação (abortamento espontâneo ou natimorto), o que corresponde a 15 óbitos, sendo 9 confirmados e 6 ainda em investigação.  Dos 9 óbitos confirmados, 5 apresentaram resultado de exame de imagem com presença de alterações típicas indicativas de infecção congênita, e 4 foram confirmados por critério clínico-laboratorial com identificação do vírus Zika.

O Ministério da Saúde orienta as gestantes a adotar medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição aos mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

Chuva de Jazz no País de Mossoró dias 25 e 26 de maio

Mossoró foi escolhida para ser uma das cidades do Circuito Fest Bossa & Jazz 2016. E não foi escolhida à toa, claro. É a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, possui o maior número de eventos de grande porte e, claro, é o lugar ideal para se promover um evento de qualidade e com esse potencial turístico no mês que antecede outro mega evento: o Mossoró Cidade Junina. O festival também conta com o apoio das prefeituras das duas cidades.

bjazz1

O festival que já virou referência regional trazendo para o Rio Grande do Norte nomes nacionais e internacionais do Jazz, Blues e Bossa, agora chega às terras de Santa Luzia. São Miguel do Gostoso, que em 2015 fez parte do circuito, contará novamente com o festival.

Nesse primeiro semestre, o festival terá sua primeira etapa em Mossoró e São Miguel do Gostoso. A data está confirmada para o feriado de Corpus Christi, quando acontece em Mossoró na véspera, dia 25 e no feriado, dia 26 de maio. Em São Miguel do Gostoso, o Fest Bossa & Jazz acontece no fim de semana do feriado, dias 27, 28 e 29 de maio. As atrações serão anunciadas em breve, garante Juçara Figueiredo, idealizadora e produtora do evento.

“Ver Mossoró ser inserida no circuito do Fest Bossa Jazz, um dos maiores festivais do gênero do país, conhecido e reconhecido internacionalmente como um grande festival, me deixa muito orgulhosa por fazer parte deste processo de produção e de ter conseguido integrar a cidade por ser totalmente apropriada para este tipo de evento, por ter uma cultura forte e que não poderia ficar de fora. Mossoró ganhará muito, porque além de outros públicos, novas plateias, a cidade será movimentada com outro estilo musical e isso me deixa muito feliz como produtora cultural, como cantora e como ouvinte. Que bom que Mossoró fará parte do Fest Bossa Jazz 2016.” destaca Katharina Gurgel, co-produtora do evento em Mossoró.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da SETUR e EMPROTUR, com recursos do RN Sustentável irá apoiar a realização do evento nas duas cidades. O Fest Bossa & Jazz também conta com o apoio das prefeituras de Mossoró e São Miguel do Gostoso.

Anote na agenda e aguardemos as atrações!

Bebidas adoçadas: há uma porção ideal?!

O consumo de bebidas açucaradas, em diferentes partes do mundo, tem aumentado de maneira expressiva, principalmente no continente americano.

O consumo destas bebidas aumenta substancialmente os riscos de diversas doenças crônicas não-transmissíveis, principalmente diabetes do tipo 2, resistência à insulina, doenças hepáticas, obesidade, neurotoxicidade e doenças cardiovasculares, envolvendo mecanismos como estresse oxidativo, glicotoxicidade, alterações no metabolismo lipídico e inflamação. Isso ocorre devido à presença de açúcar adicionado na forma de xarope de milho rico em frutose ou açúcar de mesa (a base de sacarose, que é a junção da glicose com a frutose).

Nossa principal fonte de frutose natural na dieta vem das frutas frescas, que são extremamente benéficas à saúde. Entretanto, muitos produtos industrializados são adoçados com produtos a base de frutose artificial em grandes quantidades, o que representa um perigo à saúde.

sugar_in

Neste sentido, um estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Harvard, reitera os efeitos deletérios do consumo destas bebidas sobre a saúde cardiovascular e salienta o risco aumentado para o desenvolvimento de diabetes do tipo 2. A revisão, que incluiu meta-análises e estudos epidemiológicos recentes, evidenciou que o consumo diário de uma ou duas porções desse tipo de bebidas eleva em 26% o risco para diabetes do tipo 2, em 35% o risco de ataques cardíacos ou doença cardíaca fatal e em 16% o risco para acidente vascular cerebral.

Os pesquisadores ainda discutiram que a frutose – um monossacarídeo altamente presente nestas bebidas por meio da adição de xarope de milho ou sacarose – pode ser um fator determinante para o desenvolvimento destas doenças, uma vez que no processo de metabolização hepática esta frutose pode ser convertida em triacilglicerídeos, os quais em níveis elevados aumentam os riscos de resistência à insulina e, quando acumulados no fígado, podem desencadear esteatose hepática não alcoólica.

Desta maneira, os pesquisadores alertam que limitar o consumo de bebidas industrializadas açucaradas ou do açúcar de adição é uma conduta determinante para a prevenção do ganho de peso e doenças cardiometabólicas. Prefira sucos naturais.

images