Autor: Nida Lira - Pausa na Monotonia

Hoje tem blues na praia

A Desert Blues Jam é uma banda de blues de Mossoró/RN formada em 2016 por membros do clube de blues da cidade, o Desert Blues Clube, que há 3 anos vem difundindo o gênero através de encontros e eventos com artistas e bandas do Nordeste.

Como é comum entre as bandas de blues, a Desert Blues Jam resgata músicas que fizeram o gênero mundialmente conhecido, através de releituras em forma de jam session. No set list você vai ouvir canções de Robert Johnson, BB King, Albert King e Buddy Guy, e ocasionalmente algumas canções autorais.

A banda é formada por Jean Lone (vocal e guitarra), Paulo Ricarte (baixo), Wilson Neto (bateria) e Gerlan Silva (teclado).

Nesta sexta-feira, 10, acontece o “Blues na Praia” na paradisíaca Ponta do Mel, a partir das 22h, na Barraca Lua com Mel. Uma excelente oportunidade para que os mossoroenses e amantes do gênero divirtam-se ouvindo o melhor do blues.

IMG-20170210-WA0024

SERVIÇO: Blues na Praia

LOCAL: Barraca Lua com Mel – Praia de Ponta do Mel (fica a 67,4 km de Mossoró)

VALOR INGRESSO: R$ 10,00

Informações: Jean Lone (84) 98703-3090 / Sara (85) 98616-0124

Escola de Artes de Mossoró define período de matrículas

O calendário de matrículas para a Escola de Artes de Mossoró inicia no próximo dia 20 e encerra em 24 de fevereiro. São cerca de 600 vagas disponibilizadas pelo Município.

A Escola oferta 15 cursos com faixa etária a partir de 6 anos de idade. O público alvo inclui crianças, adolescentes, adultos e idosos. A novidade deste ano é o curso de canto da melhor idade.

Para inscrição é necessária apresentação de foto, documentos pessoais com cópia (RG, CPF ou CNH). No caso de matrícula infantil, o responsável deve apresentar cópia dos documentos pessoais ou certidão de nascimento da criança. A taxa colaborativa é de 30 reais.

O interessado deve procurar a Escola de Artes no período das 8h às 11h e das 14h às 17h, de segunda a sexta.

Veja a lista dos cursos ofertados:

Violão Infantil

Violão Adulto

Bateria infantil

Musicalização

Teclado

Flauta Doce

Flauta transversal

Prática de música em conjunto

Banda mirim

Técnicas Vocais

Balé para iniciantes

Balé para veteranos

Teatro infantil e juvenil

Canto coral performático

Canto para melhor idade

Tem candidata potiguar no The Voice Kids

A candidata potiguar Mila Marinho passou da audição às cegas do programa “The Voice Kids” e foi escolhida pelo cantor/compositor Carlinhos Brown, após cantar “Titanium” de David Guetta. O programa foi exibido na tarde deste domingo (5).

2

Ela tem 15 anos e tem uma banda na escola chamada MPC, uma sigla para Me Passa no Conselho, formada por amigos da escola. É filha do procurador municipal Hebert Marinho e seu avô era músico. Desde pequena estuda canto, piano e violão. Ela é aluna da cantora Alzeny Nelo, da Academia de Cantos Rêverie.

No ano de 2015, participou do programa de verão do colégio Berklee, que fica em Boston, Massachusetts, e é a maior instituição de música do mundo. Foi fundada no princípio revolucionário de que a melhor maneira de preparar estudantes para carreiras na música era com o estudo e a prática da música. O programa de verão tem duração de cinco semanas e aceita cantores de todas as idades.

Vários músicos se formaram lá como Steve Vai, Quincy Jones (produtor que ajudou Michael Jackson no estrelato com “Thriller”) e John Mayer.

Até o momento, a jovem cantora tem mais de 500 curtidas no Face. Entretanto, o seu cover de uma música da banda Twenty-One Pilots já tem mais de 15 mil visualizações e visto em vários em países

 

Apesar de todo o currículo, no programa ela quase foi eliminada, pois Carlinhos Brown virou a cadeira no último segundo. Ele alegou que: “O que me fez virar a cadeira foi o potencial vocal que você tem para ser domado”, disse.

 

Festival Jazz & Blues celebra sua 18ª edição em 2017

Dezoito anos atrás, quem ouvia falar em Carnaval no Nordeste pensava logo nos dias de folia, com carros de som, muito sol e praia. Mas desde o ano 2000, Carnaval é associado também a jazz, blues, região serrana e o friozinho gostoso de Guaramiranga.

Em 2017, o Festival Jazz & Blues chega à 18ª edição como a opção preferida de milhares de pessoas que não abrem mão da diversão, mas ambientada na beleza da serra e curtindo a rica programação que o evento proporciona ao longo dos quatro dias em Guaramiranga e no pós-Carnaval em Fortaleza.

O Festival convidou um time de peso para comemorar sua maioridade. Logo no primeiro dia, o público da Cidade Jazz & Blues vai cantar junto com o carioca Jorge Vercillo.

1

E ele sobe a serra muito bem acompanhado! Além da banda formada pelos feras André Neiva (contrabaixos, vocal e direção musical do show), Misael da Hora (teclados e vocal), Claudio Infante (bateria) e Bernardo Bosisio (violão, guitarra e vocal), Jorge Vercillo recebe um convidado especial: o guitarrista Sandro Albert, gaúcho residente há 20 anos nos Estados Unidos, onde lançou seis CDs autorais com participações de grandes nomes do Jazz Americano e mundial.

Sandro Albert (RS/EUA)
Sandro Albert (RS/EUA)

A base do espetáculo será o repertório do disco “Vida é Arte”. Um verdadeiro show de virtuosismo com muita gente boa no palco!

Serviço
18° Festival Jazz & Blues – De 25 a 28 de fevereiro de 2017 em Guaramiranga e de 02 a 05 de março de 2017 em Fortaleza (Cineteatro São Luiz e Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura).
Ingressos: Shows dos dias 25 a 28, às 21h em Guaramiranga: R$ 40 / R$ 20. Shows dos dias 03 a 05, no Cineteatro São Luiz: R$ 20 / R$ 10. O restante da programação tem acesso gratuito. Informações: (85)3262.7230. www.jazzeblues.com.br. Instagram: @festivaljazzeblues Facebook: Festival Jazz & Blues (CE). Informações e reservas de Expresso Jazz & Blues: [email protected]

jazz

Tem folia em Caicó

O Carnaval de Caicó é considerado o maior do Rio Grande do Norte e um dos maiores do Nordeste. A cidade fica a 256 km de Natal e oferece uma folia multicultural, com shows e blocos de rua que misturam forró, frevo, axé e sertanejo.

Neste carnaval, além dos blocos de rua, os shows de forró e sertanejo também fazem parte da festa e agitam foliões turistas e rio-grandenses. Blocos como o Ala Ursa do Poço de Santana e o Bloco Treme Treme são atrações bastante aguardadas.

A região fica bastante movimentada durante o período e contribui com o aumento da renda dos comerciantes locais, pequenos negócios, hotéis e restaurantes.

As atrações da programação oficial do Carnaval de Caicó 2017 já foram anunciadas. Em dois dias de evento, passarão pelo palco: Aviões, Avine Vinny, Pegado, Wallas Arrais, Jonas Esticado, Márcia Fellipe e Mano Walter.

Os ingressos estão sendo comercializados pelo site carnavaldecaico2017.com.br, com valores entre R$ 42,00 e R$ 302,00.

Além desta programação, a Prefeitura Municipal de Caicó anunciará nesta quarta, 08, as atrações gratuitas nos polos multiculturais.

caico

Confirmadas as atrações do Bloquinho do Elefante

Dia 18 de fevereiro acontece a primeira edição do Bloquinho do Elefante em Mossoró e as atrações do evento já estão confirmadas. Nuzio Medeiros e Swing da Cor tocarão em palco montado no 27 saideira a partir das 20h.

A concentração do bloco começa às 16h no Beco dos Artistas, em frente à Catedral de Santa Luzia, com uma Orquestra Carnavalesca de Frevo que irá percorrer o centro de Mossoró e fazendo a galera levantar a poeira do chão. No final, quem estiver com as camisas do bloco terão acesso aos shows.

O bloco é uma iniciativa da Newmar Produções juntamente com a KN Produções, e o nome é uma referência ao estado do Rio Grande do Norte, que tem o formato de um elefante, e no momento está carente de eventos deste tipo, sendo poucas as cidades que ainda promovem blocos de carnavais.

Fonte: Assessoria / Quinze Comunicação

Projeto estimula preservação da natureza em Mossoró

Com objetivo de despertar e fortalecer a consciência ambiental em jovens de Mossoró, o Parque Municipal de Mossoró Profº Maurício de Oliveira recebeu alunos do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), semana passada, para uma aula de campo sobre fauna e flora da unidade e importância da preservação.

A visita faz parte do projeto Eco Pedágio, que consiste na distribuição sementes, mudas e folhetos educativos ambientais para a comunidade, em ruas de Mossoró, entre março e abril deste ano. “A aula no parque representa o início das atividades do Eco Pedágio”, informa o professor Acelino Júnior.

Sustentabilidade

As mudas para distribuição serão produzidas pelos próprios alunos, que conheceram espécies nativas, em cultivo no próprio parque. “Vamos trabalhar com mudas de produção rápida, e os alunos poderão cultivá-las em casa, com métodos sustentáveis, como em garrafas pet”, explica o professor.

Os alunos aprovam a ideia, como a estudante Ingridy Ramona Costa, 18, do curso de Auxiliar Administrativo: “É mais uma forma de se conscientizar, de ter mais noção do que fazer pelo meio ambiente”. Já Liécio Alves Júnior, 19, do mesmo curso, aprovou a aula de campo no Parque Municipal de Mossoró.

Consciência

“Foi muito boa a visita ao parque, porque conhecemos animais, plantas, que precisam ser mais valorizadas. É um conhecimento que poderemos passar para nossos familiares e pessoas próximas”, comenta o estudante, para quem o projeto Eco Pedágio vai divulgar esses valores para fora da sala de aula.

Jovens caminham em trilha do Parque Municipal de Mossoró.

Na aula no parque, os alunos do Cebrac foram guiados pela gestora da unidade, Rafaela Araújo, que apresentou trilhas ecológicas. “Temos 718 hectares, com espécies típicas da caatinga”, disse a gestora, parabenizando a iniciativa do Cebrac de estimular a consciência ambiental nos estudantes.

Gondim & Garcia traz excelentes shows para agitar o maior verão do litoral potiguar

A Gondim & Garcia Promoções vai realizar o maior e melhor verão do litoral potiguar, na praia de Tibau (RN).

Serão três finais de semana de janeiro de 2017 de muita badalação com as melhores atrações nacionais e regionais.

Subirão ao palco da Arena Show:

Dia 06 de janeiro:

Marília Mendonça

Maiara & Maraisa

Renata Falcão

Léo Verão

Dia 13 de janeiro:

Henrique e Juliano

Mano Walter

Grupo É O Tchan

Solteirões do Forró

Dia 20 de janeiro:

Aviões do Forró

Dorgival Dantas

Israel Novaes Oficial

Giannini Alencar

Confira o vídeo da dupla Maiara e Maraisa, com participação da cantora Marília Mendonça:

Os pacotes para o verão na ARENA SHOW 2017 estão sendo vendidos no Centro Empresarial Caiçara até terça-feira, 03 de janeiro, em até 2x no cartão.

 2
 Maiores informações:
Centro Empresarial Caiçara
(84) 3316-5366.

Martinelle Dayane é a vencedora de A Mais Bela Voz 2016

Uma noite inesquecível para os candidatos que disputaram o título de A Mais Bela Voz 2016!

O Partage Mossoró e a Rádio Rural finalizaram o concurso com  muitos momentos repletos de emoção.

dsc_1813

 

Os candidatos iniciaram a grande noite cantando músicas com mensagens natalinas e depois realizaram suas apresentações individuais.

A noite contou ainda com as participações dos cantores Allan Jones (vencedor do concurso A Mais Bela Voz em 2003) e Dálio homenageando Seu Mané e Tony Filho, ícones da radiodifusão mossoroense. A dupla que por anos levou a locução divertida pelas ondas da Rádio Rural de Mossoró foi homenageada com o troféu Sabiá Seu Mané.

dsc_1641

 

dsc_1776

A grande vencedora com o prêmio de primeiro lugar foi a cantora assuense Martinelle Dayane que defendeu a música Fim de Tarde – Fat Family. Além do troféu de primeiro lugar do concurso, Martinelle levou ainda como premiação  uma Televisão Smart 40 polegadas e uma viagem com acompanhante.

 

Confira as colocações na grande final:

 

1 LUGAR – MARTINELLE DAYANE

2 LUGAR – CAROLINE MELO

3 LUGAR – ROSY PAULO

4 LUGAR – GABRIELA MENDES

5 LUGAR – DÊNIS MORGAN

Fonte: Assessoria Partage Shopping 

Cinebiografia da trajetória de Elis estreia hoje no Multicine Cinemas do Partage Shopping

Premiado no Festival de Gramado (melhor filme no júri popular, melhor atriz e melhor montagem) e bastante aplaudido pelo público em sua exibição no Festival do Rio, “Elis” supera de forma convincente os desafios impostos a toda cinebiografia: resumir, na duração de um longa-metragem a história de uma vida, selecionar os episódios, encontros e personagens que deram sentido e forma a essa vida (deixando necessariamente muita coisa importante de fora) – e, ao mesmo tempo, oferecer ao espectador uma narrativa atraente e cinematograficamente consistente.

 

O primeiro, mas não o menor, dos méritos do longa de Hugo Prata é a sinceridade na composição da protagonista, com seus conflitos e contradições. Contribuem para isso as qualidades do roteiro e, naturalmente, a interpretação vigorosa de Andreia Horta. Mesmo um marciano que porventura caísse na Terra e fosse ao cinema assistir ao filme sairia da sessão com uma visão clara de quem foi Elis Regina e da importância que ela teve na vida cultural, musical e mesmo comportamental do Brasil de seu tempo. É claro que uma trajetória tão rica e movimentada poderia ser contada por meio de outros recortes, o que não invalida as escolhas do diretor.

Assista o trailer:

Do início da carreira, nos anos 60, à morte precoce aos 36 anos, em 1982, Elis Regina se firmou como a maior cantora brasileira. Influenciada pelas cantoras do rádio que ouviu na infância em Porto Alegre, Elis usava e abusava da dramaticidade e da extensão vocal – na contracorrente do estética contida e diminutiva da Bossa Nova. Com o tempo, inclusive na escolha do repertório, ela desenvolveu um estilo próprio e muito particular, de grande intensidade, que muitas cantoras até hoje tentam emular sem sucesso. 

O filme começa com uma das primeiras viagens de Elis ao Rio de Janeiro, em 1964, ainda praticamente uma adolescente, acompanhada pelo pai. Apesar de correta na exposição e no encadeamento dos acontecimentos, essa primeira parte demora um pouco a pegar, e o espectador mais exigente pode se incomodar um pouco com os resíduos de sotaque mineiro nas falas da atriz (não que Elis tivesse um sotaque marcadamente gaúcho, mas mineiro não era).Elis poster

 

Superado esse prólogo, porém, a narrativa envolve completamente a plateia, com um arco bem construído e momentos de alta sensibilidade e poesia. O uso das músicas como elementos de transição em momentos-chave da trajetória musical e existencial da cantora é delicado e inventivo, com uma trilha sonora orgânica e plenamente integrada ao enredo: as explosões de temperamento, os amores difíceis, a felicidade de ser mãe, a dor das separações, tudo isso é registrado com emoção e intensidade.

 

O desafio é ainda maior pela quantidade de personagens secundários importantes no filme: Cesar Camargo Mariano, Miele, Ronaldo Bôscoli, Henfil, Lennie Dale (Julio Andrade, excelente), Nara Leão (Isabel Wilker, boa atriz, mas com porte físico inadequado para o papel) etc. A questão política, com o episódio da polêmica apresentação de Elis em um evento das Forças Armadas em plena ditadura, é tratada de forma correta, sem exageros.

 

Por outro lado, os anos finais de Elis Regina, incluindo seu envolvimento com a cocaína, são tratados de forma muito ligeira. Não há uma preparação suficiente para o coquetel de angústia e droga que provocou a sua morte precoce, o que torna um pouco brusco (e anticlimático, porque esvaziado de carga dramática) o final do filme.  Mas esta é uma pequena ressalva, que em nada compromete o êxito do longa-metragem que tem todos os elementos para agradar a um público significativo.

Do G1, por Luciano Trigo. 

Serviço:

“Elis” estreia hoje nas salas do Multicine Cinemas no Partage Shopping.

Sala 2: 16h05, 19h10, 21h20