Autor: Kleber Azevedo - Politicando

Governador do RN solicita ao Banco do Brasil celeridade na liberação de recursos para obras estruturantes

O governador Robinson Faria se reuniu na manhã desta terça-feira (29) em Brasília com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e o presidente do Banco do Brasil, Alexandre Corrêa Abreu, para tratar das operações de créditos.

O empréstimo de R$ 850 milhões que o Estado vem pleiteando junto ao Banco do Brasil desde o final de 2014 foi um dos principais assuntos da audiência. O plano de aplicação do empréstimo foi aprovado pela Assembléia Legislativa em 2015, e prevê a utilização dos recursos para a conclusão de obras de infraestrutura no Rio Grande do Norte, além de investimentos na segurança e saúde.

Na ocasião, Robinson Faria pediu celeridade no processo de liberação dos recursos. “Todas as informações demandadas ao Estado vem sendo sistematicamente cumpridas. Agora, aguardamos a análise pela equipe técnica do banco para o processo ser encaminhado para a Secretaria do Tesouro Nacional. Estamos acompanhando de perto todos os passos e torcemos pela rápida liberação do valor para concluir obras fundamentais para a melhoria da qualidade de vida e atendimento à população”, afirmou.

29.03.2016 - Reunião com Ministro das Cidades e Presidente do BB

O Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e do Distrito Federal (Proinvest) também foi discutido durante a reunião. O governo solicitou os recursos remanescentes do Proinvest de R$ 65 milhões já habilitados para liberação imediata. O empréstimo será destinado a contrapartida do Pró-Transporte e obras da Avenida Moema Tinôco (R$ 48 milhões), a obras de construção e restauração de rodovias (R$ 10 milhões), a construção do Campus em Natal da UERN (R$ 6 milhões), dentre outros.

Também participaram da reunião, o secretário do Planejamento e das Finanças do RN, Gustavo Nogueira, o deputado federal Fábio Faria e o vice presidente de governo do BB, Júlio Cézar Alves de Oliveira. 

Prefeito de Mossoró participa de abertura oficial do Conexão Prevenção

O prefeito Francisco José Jr. participou, na manhã desta terça-feira, 29, da abertura oficial do Programa Conexão Prevenção, na Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho, bairro Nova Betânia. A iniciativa pretende formar professores do Município e do Estado, além de profissionais da saúde, para intensificar ações de prevenção ao uso abusivo de álcool, tabaco e outras drogas. A capacitação, que se estenderá até o dia 1º de abril, está sendo realizada, por meio do projeto “Diga Sim à Vida”, do Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD) e Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz).

A formação trabalha dois eixos denominados de “Jogo Elos” e “#TamoJunto”. O Jogo Elos é voltado para crianças entre 6 e 10 anos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. O objetivo é fomentar o desenvolvimento de habilidades de proteção ao uso e abuso de álcool, tabaco e outras drogas nos ambientes escolar e familiar.

O #Tamo Junto é uma estratégia de prevenção ao uso de drogas realizada por professores, de caráter organizado e interativo, que estimula diálogos constantes e atividades lúdicas que integram elementos de estilo de vida dos adolescentes.

Após a formação, inicialmente, as metodologias serão aplicadas em quatro escolas da Rede Municipal de Ensino: Escola Municipal Professor Alexandre Linhares, bairro Bom Pastor; Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto, bairro Santo Antônio; Escola Municipal José Benjamim, Planalto 13 de maio; e Escola Municipal Heloísa Leão de Moura, bairro Bom Jesus.

Profissionais das escolas estaduais José Nogueira, Everton Cortez, José de Freitas e Francisco de Medeiros também serão capacitados para implementar o programa.

25511019223_409b2bfccf_z

Durante a solenidade, o chefe do Executivo Municipal salientou que o Conexão Prevenção vai transformar o destino de muitos jovens e enfatizou a importância dos profissionais da educação como agentes multiplicadores de informações. A Prefeitura Municipal de Mossoró aderiu ao programa Conexão Preventiva em 2014, mediante parceria com o Ministério do Público do Estado do Rio Grande do Norte, através do Projeto Transformando Destinos.

“Nossos profissionais da educação serão multiplicadores de informações que fomentam a prevenção às drogas e outros vícios. Essa parceria com o Ministério Público e Governo do Estado mostra que estamos preocupados em combater às drogas e fico feliz em ver nossa gestão empenhada neste projeto. Confio muito na Rede Municipal de Ensino e sei que nossos professores fazem tudo com muito amor. Com amor, sempre fazemos o melhor”, declarou.

O promotor Olegário Gurgel também participou da abertura e agradeceu a contribuição da Prefeitura para as ações do Conexão Prevenção. “Trabalhar o homem é um desafio imenso e, com nossa atuação, podemos construir uma Mossoró mais preparada para o futuro. Por isso, agradeço a força que o Município tem empenhado para o desenvolvimento do Conexão Prevenção. Muitas pessoas estão atuando em torno dessa capacitação, o que, certamente, faz a diferença”, disse.

A Secretária Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude, Irenice de Fátima, o secretário Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, Alvibá Gomes, a secretária Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Glaudionora Silveira, e a coordenadora de Programas de Prevenção da FioCruz/ SENAD, Andréa Leite, participaram da solenidade. A Secretaria Municipal da Saúde e a 12ª Diretoria Regional de Educação e da Cultura (DIREC) também foram representadas.

Governo do RN estende prazo para regularização de ciclomotores

O Governo do Estado decidiu estender o prazo para a regularização dos ciclomotores, conhecidos popularmente como “cinquentinhas”, adquiridos antes de 31 de julho de 2015. O processo de registro e licenciamento dos veículos, coordenado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN), seria finalizado nesta segunda-feira (28), mas através de nova portaria a ser publicada amanhã (29) no Diário Oficial do Estado (DOE) o prazo será acrescido em 30 dias. Assim, os proprietários de “cinquentinhas” terão até o fim de abril para regularizar os veículos. Os ciclomotores são veículos de duas ou três rodas, cuja cilindrada não ultrapasse 50cc e a velocidade máxima não ultrapasse os 50 km/h.

A decisão pela edição da nova portaria partiu do governador Robinson Faria. “Resolvemos aumentar o prazo para atender aos pedidos dos condutores, permitindo que os proprietários dos ciclomotores de todo o estado tenham tempo suficiente para regularizar seus veículos”, disse o chefe do poder Executivo.

A nova portaria não altera o sistema de regularização dos veículos. O proprietário do ciclomotor, sendo pessoa física, deve apresentar ao Detran-RN o comprovante de endereço e a nota fiscal de aquisição do veículo ou preencher uma Declaração de Procedência com firma reconhecida em cartório.

Após passar por vistoria e pagar o seguro obrigatório (DPVAT), na quantia de R$ 292,01, e a taxa de licenciamento, no valor de R$ 65 (veículo não financiado) ou R$ 95 (veículo financiado), o ciclomotor estará registrado e liberado para transitar. Não é necessário o pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), pois os ciclomotores são isentos.

De acordo com a Lei Federal nº 13.154/2015, o condutor de ciclomotor  tem que possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria A ou Autorização para Condução de Ciclomotor (ACC). O condutor de ciclomotor que for flagrado fora dos critérios exigidos será multado no valor de R$ 127,69 e pode ter o veículo apreendido. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) ainda determina que quem guia as “cinquentinhas” também precisa ter os mesmos cuidados de segurança que os motociclistas, incluindo, por exemplo, o uso de capacete.

Até o início deste mês de março o Detran-RN já tinha emplacado mais de 6,5 mil ciclomotores, sendo 5.121 no interior e outros 1.439 em Natal.

À pedido, Henrique Alves deixa o Ministério do Turismo

Em carta enviada para a Presidente Dilma Rousseff nesta tarde, 28, o ex-Deputado pelo PMDB do RN, Henrique Eduardo Alves, pede exoneração do cargo de Ministro do Turismo e diz que a decisão é coerente com o partido. Cargo que vinha ocupando desde abril de 2015.

Henrique foi um dos primeiros Ministros do PMDB a pedir exoneração do cargo, o partido ainda se reunirá para tratar do rompimento com o governo Dilma.

Semob Mossoró convoca taxistas para vistoria anual

A Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana convoca os taxistas a comparecerem à sede da Semob, localizada na Avenida Felipe Camarão, ao lado da Igreja São João, para vistoria anual. A avaliação é obrigatória e será feita durante todo o mês de abril, do dia 01 a 30. Os taxistas que não participarem receberão advertência, podendo até ter a permissão suspensa ou cancelada.

Conforme Geraldo Elias, responsável pelo setor de vistoria de táxis, mototáxis e veículos de fretamento da Semob, Mossoró tem 392 taxistas regularizados e todos devem participar dessa renovação anual. Ele avisa que a vistoria é gratuita e os taxistas devem se dirigir até a sede da secretaria munidos de alguns documentos. “Orientamos que os taxistas venham fazer a vistoria e renovar a sua autorização de tráfego o mais rápido possível e não deixem para fazer de última hora. É importante trazer a documentação, pois sem ela não é possível fazer a vistoria”, comenta.

Documentos obrigatórios para a vistoria 2016:

  •  Cópia do Alvará 2016 com comprovante de pagamento;
  •  Cópia da Carteira Nacional de Habilitação com atividade remunerada;
  •  Cópia do Certificado do Curso de Taxista;
  •  Cópia do CLRV atual do veículo;
  •  Atestado mecânico do veículo com aptidão dos seguintes itens: câmbio, suspensão, freios e motor;
  • Certificado de verificação do taxímetro, fornecido pelo InMetro/ Ipem-RN com a nova tarifa;
  • Apresentar o veículo caracterizado na cor branca com faixas de identificação modelo padrão do Município de Mossoró, conforme portaria nº 04/2013;
  • Apresentar o veículo limpo nas partes internas e externas.

Carro fumacê inicia atividades em Mossoró

Como parte das ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de Dengue, Febre Chikungunya e Zika vírus, a Secretaria Municipal de Saúde utilizará, a partir de hoje, segunda-feira, 28, o carro fumacê (UBV pesado). Inicialmente, serão contemplados os bairros Planalto, Aeroporto, Sumaré, Belo Horizonte e Dom Jaime Câmara, localidades que apresentam maior infestação do mosquito.

Nesta primeira fase, serão percorridos 1.209 quarteirões da cidade. Simultaneamente, os agentes de endemias continuarão com ações de aplicação de larvicida e atividades educativas para conscientizar a população da necessidade de destruir criadouros do vetor, medida mais eficaz de combate ao Aedes, em todo o município.

O carro iniciará as atividades nas ruas sempre no início da manhã, a partir das 4h, e no final da tarde, a partir das 16h, períodos em que o mosquito costuma agir. A orientação da Secretaria de Saúde é a de que a população abra as portas de suas casas, ao vir os agentes em suas ruas, para que o inseticida tenha maior eficácia.

De acordo com Geizarelli Soares, gerente executiva da Vigilância à Saúde, o inseticida utilizado no carro fumacê é distribuído pelo Ministério da Saúde, porém alguns cuidados devem ser tomados pela população. “Os moradores devem abrir janelas e portas quando o veículo passar em suas ruas, mas também precisa ter cuidado para abrigar os animais de estimação em locais seguros e tampar os alimentos para que não sejam atingidos pelo inseticida”, aconselha.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Leodise Cruz, o carro fumacê faz parte das ações que integram o combate ao mosquito, mas ela lembra que a medida mais eficaz é não permitir o nascimento da larva. “O uso deste equipamento (UBV pesado), solicitado em casos de epidemia, é feito de forma temporária, para que o mosquito não crie resistência ao inseticida. Por isso, nós reforçamos que o trabalho de eliminação dos criadouros seja permanente e intensificado”, declara.

Os agentes de endemias continuarão com suas ações nas residências.
Os agentes de endemias continuarão com suas ações nas residências.

Entenda a escolha dos bairros:

A Secretaria Municipal de Saúde explica que a escolha de iniciar os trabalhos pelos cinco bairros – Planalto, Aeroporto, Sumaré, Belo Horizonte, Dom Jaime – se deve ao alto índice de infestação de larvas e mosquitos nessas localidades. É que esses bairros apresentam um Índice de Infestação Predial (IIP) acima de 10%, enquanto que todo o município possui o IIP de 5.7%, já considerado elevado (o aconselhado pelo Ministério da Saúde é que seja de 1%).

Outra informação importante é que outros bairros poderão ser incluídos nas atividades do carro fumacê, caso apresentem elevado número de notificações. Para isso, a Secretaria de Saúde tem orientado todas as unidades de saúde, tanto públicas quanto privadas, a intensificarem as notificações de casos de Dengue, Febre Chikungunya e Zika vírus, a partir da próxima segunda-feira, 28, e enviarem à Gerência Executiva de Vigilância à Saúde.

No aniversário de Apodi, governador assina ordem de serviço para saneamento da cidade

Cumprindo agenda no município de Apodi, que comemora 181 anos de emancipação política nesta quarta-feira (23), o governador Robinson Faria deu a ordem de serviço para as obras de esgotamento sanitário da cidade e reativou o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da Agricultura Familiar. A solenidade aconteceu na Praça Francisco Pinto, Centro.

A obra de saneamento, orçada em mais de R$ 1,5 milhão, atenderá aos principais bairros da cidade, beneficiando cerca de 9.500 pessoas. No prazo de um ano, serão realizadas cerca de 1.500 novas ligações domiciliares, além de melhorias na estação de tratamento de esgoto e entregue um novo emissário de recalque.

Num momento em que há tantas doenças preocupando a população, como o Zika vírus e a Dengue, percebam que esta obra tem também a finalidade de preservar vidas. E daqui a um ano, eu quero voltar para inaugurar esta ação que merece muita festa da população de Apodi” assinalou o governador, que anunciou ainda para a cidade um programa de habitação e a implantação do Microcrédito Empreendedor.

Assinatura da ordem de serviço 3

O prefeito de Apodi, Flaviano Moreira, pontuou que a obra é um pleito antigo dos apodienses. “Esgotamento sanitário é importante demais pra nossas vidas. Desde 2004, fomos às ruas lutar pelo saneamento. O governador Robinson nos ouviu e eu gostaria de agradecer pela obra, sabendo que o momento de nossos governantes não é fácil”, afirmou.

Também em Apodi, o líder do Executivo estadual fez o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da Agricultura Familiar, conhecido como Compra Direta. O programa consiste na compra da produção dos agricultores familiares, promovendo a inclusão sócio-produtiva no campo. Na outra ponta, os gêneros alimentícios são repassados às populações em situação de segurança alimentar, através de instituições filantrópicas, devidamente cadastradas no Compra Direta e no Conselho de Segurança Alimentar.

O PAA será reativado em todo o estado e beneficiará 1.992 pequenos produtores e 2.134 instituições filantrópicas. Os recursos financeiros são da ordem de R$ 6 milhões, procedentes do Governo Federal, e já estão assegurados.

Entrega de balanças e computador 2

No mesmo ato, o governo entregou balanças eletrônicas e um computador que será usado para catalogar os alimentos dos programas em uma central instalada em Apodi. Num momento simbólico, agricultores presentearam representantes do governo e o prefeito de Apodi, Flaviano Moreira Monteiro, com produtos da agricultura familiar.

O diretor geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural ( Emater), César Oliveira, destacou a importância da iniciativa. “Este programa gera oportunidade de trabalho, oportunidade de renda e de desenvolvimento. Por outro lado, propicia a segurança alimentar, com a doação dos alimentos ao mais pobres, aquelas pessoas em vulnerabilidade social. Os alimentos chegarão às creches, escolas, hospitais e várias instituições que realizam atividades de filantropia”, assinalou.

Na comitiva do Governo que cumpriu agenda no Oeste, estavam também a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, os secretários de Articulação Política, Hudson Pereira, e dos Recursos Hídricos, Mairton França, e os deputado estaduais Dison Lisboa e Carlos Augusto Maia.

UBS de Melancias

Antes da ordem de serviço, o governador Robinson Faria participou da inauguração da Unidade Básica de Saúde (USB) de Melancias, obra municipal orçada em R$ 320 mil.

UBS 1

Governador realiza entrega de subsistema da adutora Alto Oeste, em Riacho da Cruz

O governador Robinson Faria fez a entrega de mais uma etapa da adutora Alto Oeste, na tarde desta quarta-feira, 23, em Riacho da Cruz, Oeste Potiguar. A partir de uma estação elevatória, as águas da barragem de Santa Cruz chegam a mais três municípios: Umarizal, Olho D’Água dos Borges e Riacho da Cruz, além de Viçosa e Portalegre que também ficam com o abastecimento assegurado.

Esta obra já era esperada há sete anos. Mesmo com a crise que estamos enfrentando em todo o país, nos dedicamos para assegurá-la e hoje estamos aqui pra entregar água de qualidade a população de toda região”, ressaltou o governador Robinson Faria.

Subsistema Adutora Alto Oeste 3

O secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França, explicou que o próximo passo será levar água à Lucrecia, o que irá regularizar o abastecimento também em Serrinha dos Pintos e Martins. “A adutora do Alto Oeste é resultado de um empenho de estado muito grande, de muito esforço de gestão do governador Robinson Faria. É importante lembrar que a retomada da obra teve que passar por um reajustamento no Ministério das Cidades”, destacou França.

A barragem Santa Cruz do Apodi, ainda segundo o secretário, é uma das poucas no estado que continua com água em quantidade e qualidade. Serão beneficiadas com o sistema adutor Alto Oeste 26 cidades e cerca de 208 mil habitantes. A previsão da conclusão da adutora é para junho próximo.

Na comitiva do Governo que cumpriu agenda no Oeste, estavam também a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o secretário de Articulação Política, Hudson Pereira, o presidente da Companhia de Águas (Caern), Marcelo Toscano, e o deputado estadual e Líder da Câmara, Disson Lisboa.

Fotos: Ivanízio Ramos
Fotos: Ivanízio Ramos

Ex-secretário de Cultura, Gustavo Rosado, dá explicações sobre denuncias envolvendo o MCJ

Via netoqueiroz.com.br

Citado pelo Ministério Público como principal envolvido num esquema que teria desviado recursos do Mossoró Cidade Junina nos anos de 2013 e 2014, o ex-secretário de Cultura do Município, Gustavo Rosado, convidou a imprensa na tarde de hoje para dar suas explicações em torno das denúncias que envolvem o seu nome. Por mais de uma hora Gustavo explanou sobre todos os  fatos denunciados e respondeu as perguntas dos repórteres presentes a entrevista. Segue abaixo as principais explicações dadas por Gustavo Rosado.

SOBRE  ADITIVOS DE CONTRATO QUE INFLARAM OS CUSTOS DO MCJ

Gustavo explicou que são dois aditivos que são investigados, um de 2013 e outro de 2014. Disse que o aditivo de 2013 se deveu a contratação do show de Paula Fernandes que não estava prevista na contratação inicial. “É muito fácil constatar que quando a programação foi divulgado não constava o show de Paula Fernandes e depois quando a  Globo Nordeste confirmou que iria  fazer exibição ao vivo do MCJ e solicitou da Prefeitura um show de porte nacional para a noite do “ao vivo”, entendemos que valia a pena contratar o show de Paula Fernandes pela possibilidade de ser mostrado para todo o Nordeste”, expôs. Ele explicou que também em 2013 o aditivo incluiu o show do dia 23 de junho que não estava previsto inicialmente no contrato e precisaram de aditivo

Da mesma forma  ocorreu em 2014. “A Globo havia nos informado uma data para o “Ao Vivo” e contratamos um show nacional, mas depois ele mudaram a data e não podíamos descontratar a atração daquele dia e  tivemos que contratar um outro show que também não estava  previsto no primeiro contrato, por isso o aditivo”. O show em questão foi o de Gabriel Diniz.

d84a089043379ff15e6e9df297b81b60

Gustavo justificou que não há como se discutir aditivos sem contato com a empresa contratada pela execução dos serviços, passando orientações sobre o que precisa ser contratado, assim como recebendo informações dos entendimentos para os novos contratos. “Não há nenhum crime nisso. O que há nas gravações são falas justamente tratando dessas questões”. Disse.

SOBRE PREÇOS SUPERFATURADOS PARA CONTRATAÇÃO DE BANDAS

Gustavo Rosado esclareceu que a contratação das bandas passa por variáveis que fazem com que os preços sejam diferenciados. Revelou que Mossoró tanto contratou show mais caros como contratou shows mais baratos que em outras cidades. “Tocar numa quinta não é a mesma coisa que tocar num sábado. Tocar numa cidade próxima aonde a banda já se encontra não é o mesmo preço se houver um grande deslocamento. Muitas vezes as bandas tem interesse em se apresentar em Caruaru que não é o mesmo interesse de se apresentar em Mossoró. Um empresário pode ter maior poder de barganha de preço com uma banda que outro”, explicou Gustavo.

Ele justificou a diferença de preços dizendo que não pode ser feita simplesmente uma comparação de um preço com outro preço, mas observando as variáveis da contratação. “Aqui o cachê pago já envolvia show, passagens, hospedagens, em contratos de outras cidades pode envolver só o show”, ponderou, alegando que já explicou ao Ministério Público as situações levantadas em que houve diferença de preços em Mossoró.

Ainda sobre as diferenças de preços, nos áudios em que Gustavo se mostra preocupado com essa situação, ele explicou que  suas ligações para Tácio Garcia foram justamente para demonstrar preocupação com a forma como a coisa estava sendo dita por Carlinhos Ferdebez na imprensa, fazendo acusações, ele queria conferir essas informações para que pudessem ser esclarecidas e não ficasse a imagem que de fato aquilo ocorrera.

 

PAGAMENTO DE GRATIFICAÇÕES A SERVIDORES DA PRÓPRIA PREFEITURA

Ele contou que o MP levantou a questão de cheques nominais a servidores municipais, que levantaram a suspeita sobre uma espécie de desvio do dinheiro. Ele  disse que “se fosse para desviar recursos jamais alguém iria dar cheques nominais a outro, principalmente servidor, e que isso é uma prova de que não houve má fé”. “O valor dos cachês do Chuva de Bala, por exemplo, funciona da seguinte forma: como se trata de uma quantidade muito grande de pessoas, a empresa que venceu a licitação entrega o valor a secretaria de Cultura que por sua vez faz os pagamentos dos cachês a cada  artista”. Gustavo justificou que outro cheque foi para pagar aderecistas e costureiras, esse pessoal, da mesma forma, é feita um cheque nominal ao coordenador que por sua vez paga aos demais e presta contas a empresa. “Todos os envolvidos nestes pagamentos, todos moram na cidade, todos estão ai para dizerem se receberam ou não desta forma e  pode ser comprovado que os cheques eram integralmente para estes pagamentos, existem recibos de tudo”, acrescentou.

SOBRE MANIPULAÇÃO DE TESTEMUNHAS

O Ministério Público alegou em áudios captados das ligações telefônicas interceptadas que Gustavo falou com alguns interlocutores que estavam sendo intimados pelo MP para prestarem  depoimentos, dando a entender que estaria manipulando os depoimentos. Ele explicou durante a entrevista que como foram muitos que trabalhavam no Mossoró Cidade Junina e que ao receberem convocações do MP para depoimentos era normal falarem entre eles sobre o assunto. “O que posso dizer é que em nenhum áudio meu há uma palavra de minha parte dizendo para mentirem, combinando versões ou dando instruções. Isso está provado nos meus áudios”. Foram só conversas normais.

SOBRE A DELAÇÃO DE RIOMAR MENDES

Gustavo esclareceu que está convicto que o que Riomar vier a dizer em seu depoimento irá servir para corroborar com todas as informações que ele prestou ao Ministério Público. “Eu acho que todas as informações que puderem ser colhidas para contribuir para elucidação destes fatos a mim interessa favoravelmente e positivamente. Eu não tenho nenhuma dúvida que qualquer informação que for dada irá reafirmar isso que estou dizendo, meu zelo, meu cuidado em lidar com a coisa pública”.

58bd5ad5ed8f2a25904f6ee97820e6ab

SOBRE O MINISTÉRIO PÚBLICO E AS INVESTIGAÇÕES

Em sua exposição Gustavo disse que fazia questão de ressaltar que o Ministério Público e policiais, desde o momento que chegaram em sua casa, durante ida ao Itep, o depoimento e permanência na prisão, o tratou com respeito e com absoluta correção profissional. Disse que o Ministério Público está cumprindo seu papel que é de investigar; “é obrigação deles proceder a investigação, de usar sua metodologia de trabalho, suas estratégias, visando apurar os fatos denunciados”. Disse que como  cidadão vem a público porque além do direito de dar sua versão, se sente na obrigação de prestar esclarecimentos sobre todos os fatos e contribuir em tudo que for do seu alcance para que o trabalho das investigações possa prosseguir, com absoluto respeito e reconhecimento a importância do Ministério Público nesse papel de investigar e apresentar a verdade dos fatos a sociedade.

 

Prefeito de Mossoró acompanha obras do Parque Municipal

O prefeito Francisco José Júnior vistoriou o andamento das obras do Parque Municipal de Mossoró na tarde desta terça-feira, 22. A solenidade de lançamento da pedra fundamental do parque aconteceu na última sexta-feira, 18, já com os trabalhos iniciados.

Acompanhado por Tidal Amorim, secretário de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos e Mário Andrade, secretário executivo de Engenharia e Projetos, o prefeito conversou sobre as obras com funcionários da empresa executora e caminhou pelas trilhas e área do parque.

“Lançamos a pedra fundamental com a obra iniciada, já podemos visualizar o começo da construção do pórtico de entrada. Na próxima semana será iniciada a terraplanagem e serviços nas pistas internas. Tudo segue conforme o planejado e trabalhamos para que a população tenha acesso ao espaço em breve”, afirmou o prefeito.

O Parque Municipal de Mossoró é construído no centro da cidade, na Rua Almir de Almeida Castro às margens do rio Mossoró em terreno cedido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis- IBAMA. A obra é realizada através da parceria entre a Prefeitura de Mossoró e a empresa de telemarketing A&C.

O projeto engloba implantação de área verde aberta, pista para corrida, ciclismo e outras modalidades esportivas, trilhas ecológicas, equipamentos de ginástica e esporte, além de condomínio que abrigará as sedes dos institutos de defesa do meio ambiente.