Blog

Tradicional Pingo Da Mei dia em Mossoró começa pontualmente ao meio dia

Tradicional Pingo Da Mei dia em Mossoró começa pontualmente ao meio dia

“Meidiinha”. A expressão que remete ao meio dia significa também o horário exato de saída dos quatro trios que estarão circuito do Pingo, abertura oficial do Mossoró Cidade Junina 2018. Este ano, além da largada pontual às 12h, o percurso será ampliado, com a saída simultânea dos quatro trios em pontos distintos da Avenida Rio Branco (Corredor Cultural).

Os primeiros artistas a subir aos trios são: Caddu Rodrigues, Núzio Medeiros, Forró com Ella e Nataly Vox. Serão 12 atrações no total, em um percurso que incluirá ainda a Rua João Marcelino, que passa por trás da Estação das Artes Elizeu Ventania. Dessa forma, os trios vão da Avenida Felipe Camarão, percorrendo a extensão do Corredor Cultura até a Rua João Marcelino. O novo itinerário quase duplicou o espaço da festa.

Conforme determinação da Prefeitura, as calçadas dos equipamentos culturais, a exemplo do Teatro Municipal Dix-Huit Rosado e Memorial da Resistência, não foram licenciadas. O objetivo é proporcionar maior espaço e conforto para os participantes. Além disso, com o percurso maior, a ideia é que os comerciantes possam contar com mais espaço para ocupação ao longo do circuito.

Confira as atrações e horários do Pingo da Mei Dia:

Trio Raça

12h – Caddu Rodrgiues

15h – Giannini

17h30 – Forró dos 3

Trio Boladão

12h – Nuzio Medeiros

15h20 – André Luvi

17h50 – Renata Falcão

Trio Zueira

12h – Nathali Vox

15h30 – Os Gonzagas

18h – Banda Inala

Trio Ovny

12h – Forró com Ella

15h40 – Italo e Renno

18h20 – Aline e Dayvid

Segurança Pública do RN terá reforço de R$ 100 milhões

A Segurança Pública, setor no qual o Governo do RN vem unindo esforços constantemente para aumentar a qualidade dos serviços, deverá receber o montante de R$ 100 milhões para investimentos a curto prazo. A garantia veio após solicitação do secretário extraordinário de Gestão de Projetos do RN, Vagner Araújo, e do deputado federal Fábio Faria, durante uma audiência na tarde desta quarta-feira (30) com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, em Brasília. A audiência foi viabilizada pelo parlamentar e a verba já estava garantida para reforçar o setor.

Para o governador Robinson Faria, “a notícia é fruto do trabalho do Estado que vem mantendo o diálogo com o Governo Federal para mudar o cenário delicado que se vê hoje no Rio Grande do Norte, e vem como um estímulo para que o governo estadual persiga a meta de oferecer sempre melhorias na Segurança Pública.

O secretário Vagner Araújo explicou que os recursos serão liberados fundo a fundo, uma forma mais rápida de chegar ao Rio Grande do Norte, de acordo com uma nova legislação que está sendo implantada. “Este auxílio, somado às ações que o Governo do Estado vem fazendo, vai permitir uma reestruturação geral das forças de segurança estadual para que possamos ampliar a capacidade operacional, as condições de trabalho dos policiais e o combate à violência”, disse.

Segundo o deputado Fábio Faria, o ministro se comprometeu a atender às reivindicações e garantiu o repasse até o fim de junho: ”O que já havíamos conseguido através do Ministério da Justiça, agora será feito através do Ministério da Segurança, e será essencial para auxiliar o estado a adquirir mais viaturas, armamentos, coletes, e investir na infraestrutura das polícias e do trabalho de inteligência em todo o estado”, ressalta Faria.

Investimentos ultrapassam o estipulado pela Constituição Federal 

A crise nacional pela qual passa a Segurança Pública atinge o Rio Grande do Norte de forma mais acentuada, dada a ausência de investimentos de décadas passadas. Para superar essa lacuna, o Governo do RN tem priorizado a valorização do profissional da área. Somente nesta gestão, cerca de R$ 2 milhões foram empregados em cursos para capacitação de centenas de agentes de segurança pública. Quatro reajustes do subsídio para os militares estaduais e outros quatro à Polícia Civil já foram concedidos. Mais de7 mil militares receberam promoção em suas carreiras, desde 2015; a demanda de promoções estava reprimida há 20 anos.

O Governo do RN investe em Segurança mais do que manda a Constituição Federal (9,5% da receita do Estado). Em 2017, por exemplo, o valor investido ultrapassou os 15%. Somando os valores investidos somente pelo programa Governo Cidadão, do Banco Mundial, o montante chega a quase R$ 65 milhões.

A Segurança Pública avançou em tecnologia: o sistema de rádio do CIOSP agora é digitalizado e criptografado, o que não permite invasões no sistema, tanto em Mossoró quanto em Natal.

Sistema prisional tem avanços significativos

No tocante ao sistema penitenciário, as melhorias vão desde a gestão da área até a modernização dos equipamentos prisionais. A Penitenciária Estadual de Alcaçuz foi reconstruída com uma verba de aproximadamente R$ 3 milhões, após ser totalmente destruída em uma rebelião no início de 2017. Hoje, o modelo seguido na unidade é destaque na imprensa nacional. O Governo elaborou e pôs em prática um plano diretor para o setor, com ações a curto, médio e longo prazo. E as obras no presídio de Ceará Mirim já estão quase concluídas, com um investimento de R$ 20 milhões para abrir 603 novas vagas.

Reforço chegou ao interior

Em 2017 foram mais de R$ 15 milhões investidos na compra de quase 200 novos veículos e na renovação da locação de mais 247. O Programa Ronda Cidadã foi implantado nas zonas Leste e Oeste de Natal e em Mossoró, com resultados expressivos de redução de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) e de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), em Mossoró.

Areia Branca, Assu, Itajá, Carnaubais, Areia Branca, Grossos, Tibau, Fernando Pedrosa, Pau dos Ferros e Caicó foram algumas das cidades que receberam novas viaturas com giroflex e/ou sistemas de comunicação, para assegurar melhorias na segurança.

Problemas na merenda, em Natal, abre debate sobre alimentação nas escolas

Por proposição da vereadora Eleika Bezerra, a Câmara Municipal de Natal realizou, nesta quarta-feira (30), uma audiência pública para discutir a situação da alimentação escolar no âmbito da rede municipal de ensino. Participaram do debate representantes da Prefeitura, diretores de escola, professores e fornecedores de alimentos, além de integrantes de movimentos sociais organizados e comunidade escolar.

Merendas escassas, atraso na entrega dos ingredientes, problema com licitação e fornecedores, alimentos processados, refeições intragáveis ou ausência de comida. A realidade em boa parte das escolas públicas, quando o tema é merenda, anda na contramão dos processos que preveem autonomia e manutenção de hábitos saudáveis.

“Falta alimentação escolar e não falta escola que passe por esses problemas. É um cenário recorrente na Educação brasileira, sobretudo em momentos de crise econômica como a atual. Portanto, depois de receber muitas reclamações dos educadores e pais de alunos, decidimos trazer os atores envolvidos no processo para passar a limpo o que anda acontecendo nas unidades de ensino”, justificou a vereadora Eleika Bezerra.

“Em tempo: esse modelo de licitação, centralizadora e ineficiente, não pode continuar. Pedimos que todos os presentes apresentassem sugestões, porque do jeito que está é inviável. Merenda cara, baixa qualidade, dificuldades com logística, entre outras tantas situações. Vamos acionar outros órgãos de fiscalização para juntos cobrarmos ações efetivas da Prefeitura”, completou.

De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, Andreia Souza, a ausência do parecer técnico do Município pode comprometer a alimentação escolar do próximo ano. “Pois depende deste documento a liberação de recursos do Governo Federal. “As outras questões são estruturais. As condições de armazenamento da merenda preocupa. Nas visitas que fizemos encontramos geladeiras quebradas, dispensas inadequadas, fogões velhos etc. Os pais também precisam acompanhar mais de perto o dia a dia das escolas”.

Segundo ela, o abastecimento das unidades é efetuado de maneira equivocada. “Se você entregar frutas ou pães na sexta para servir na segunda ou na terça-feira esses alimentos já não estarão em perfeitas condições para o consumo. Ou seja, não há atenção aos detalhes. Aliás, o modelo de de fornecimento é ruim até para os empresários que atuam neste mercado, pois todos afirmam que sem uma licitação apenas para a educação fica inviável. Então, é isso que pedimos: uma reformulação que passe pela licitação exclusiva para a educação”, defendeu.

A merenda impacta diretamente na aprendizagem e muitas famílias dependem das refeições escolares para sustentar seus filhos. Por isso, muitos gestores são obrigados a transformar um limão em limonada na hora de gerenciar as refeições e assegurar o direito dos alunos.

Clésio de Sousa, gestor administrativo da Escola Municipal Francisco Varela, apontou a logística como o maior gargalo da merenda escolar. “Temos uma imensa quantidade de fornecedores entregando itens diferentes para atender o cardápio. Às vezes chega a carne mas não chegam os temperos; chega o suco mas não chega o biscoito. Fica tudo tão desorganizado e descontrolado ao ponto de, em algumas situação, faltar merenda. De vez em quando os gestores são obrigados a improvisar para cumprir o cardápio estabelecido. Essa é a realidade”.

O secretário-adjunto de Educação de Natal, George Câmara, admitiu que existem dificuldades na logística por causa do formato na qual a licitação foi feita. “O processo licitatório permitiu ampla concorrência com vários vencedores. Acontece que com muitas empresas realizando as entregas surgem os problemas”, explicou. “Temos 146 escolas e dez instituições filantrópicas. Vejam que é uma rede numerosa, que dificulta a eficiência das operações. Mas estamos abertos a sugestões para aprimorar o trabalho”, acrescentou.

Empresário mossoroense acusado de estupro continua foragido

O Juiz da 3ª Vara Criminal de Mossoró, Dr. Cláudio Mendes Júnior, negou pedido de revogação da prisão preventiva decretada contra o empresário dono da Pizzaria Fogo e Brasa, Zenilson da Silva Menezes, investigado por estupro de uma menor de 16 anos em Mossoró RN.

A confirmação foi feita pela Delegada Christiane Magalhães, durante entrevista coletiva a imprensa na tarde desta quarta feira 30 de maio, na Delegacia da Mulher no Bairro Nova Betânia.

De acordo com a autoridade policial, o pedido de revogação da prisão preventiva foi feito pelos advogados de defesa do empresário, mas negado, uma vez que o juiz entendeu, que não existem elementos suficientes para aplicação de medidas cautelares para o artigo 319 do Código de Processo Penal e que o  empresário evadiu-se do distrito da culpa.

A delegada enfatizou que, com a decisão do judiciário a prisão preventiva do empresário está mantida. Ela pede ajuda a população para localizar o o investigado que segundo a delegada encontra-se foragido.

Dra. Christiane Magalhões informou também que desde a decretação da prisão preventiva de Zenilson Alves Menezes, pela justiça, a defesa do empresário não apresentou aquela autoridade policial, qualquer documento que comprove, que o empresário esteja em viagem de trabalho.

VIA BLOG FIM DA LINHA

Câmara de Natal faz homenagem aos 65 anos da FIERN

A indústria tem papel de destaque no desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Norte, sendo fundamental para a criação de postos de trabalho e a melhoria da qualidade de vida da população. A constatação foi feita pelo vereador Ubaldo Fernandes, nesta terça-feira (29), durante uma sessão solene na Câmara Municipal de Natal em homenagem aos 65 anos da Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN).

“Faço questão de destacar a atuação social realizado pela FIERN, que por conta do Serviço Social da Indústria (SESI), na educação básica, e do SENAI, na educação profissional, fizeram, ao longo de décadas, um trabalho focado nas necessidades da indústria, acompanhando as transformações da economia”, ressaltou o vereador Ubaldo Fernandes, propositor da homenagem.

Por sua vez, o vereador Sueldo Medeiros disse que é fato histórico que os países com forte setor industrial mostraram mais crescimento econômico. “O desenvolvimento do setor industrial ajuda a elevar a renda nacional e promove um aumento no nível de vida das pessoas. Além disso, reduz a dependência das exportações agrícolas e das commodities. Uma nação industrializada é sempre mais forte economicamente”.

Autoridades pontuaram a importância da FIERN para a sociedade potiguar nesses 65 anos. “Trata-se de uma instituição que valoriza cada segmento, facilitando o contato, a convivência e a negociação permanente. E, assim, fez com que o setor se tornasse mais criativo, forte e moderno”, avaliou o superintendente do Sebrae, Zeca Melo.

Na ocasião, o presidente da FIERN, Amaro Sales, recebeu a Medalha Frei Miguelinho, a mais importante comenda do Legislativo natalense, pelos relevantes serviços prestados à sociedade. Ao fazer uso da palavra, ele recordou o incentivo que recebeu ao assumir a presidência da entidade. “Não houve um único dia que tenha sentido falta de apoio. Em nossa gestão, priorizamos o fortalecimento da atividade industrial, a educação, o treinamento e a inovação. Porque acreditamos, com firmeza, serem estes os caminhos que levarão o Brasil e o Rio Grande do Norte rumo ao crescimento econômico e desenvolvimento social”, concluiu.

Mudanças climáticas aumentam incidência de rinite

Horas chove, horas faz sol; a umidade aumenta, mas o calor continua. Está criado o ambiente perfeito para desencadear a rinite. Não à toa os consultórios estão lotados de pacientes com os mesmo sintomas: espirros repetidos, coceira no nariz, obstrução nasal e coriza, entre outros. Na Clínica Pedro Cavalcanti, especializada e com tradição em otorrinolaringologia, por exemplo, o número de pacientes com rinite saltou cerca de 40% no último mês e passou a responder por 80% de todos os atendimentos da unidade em questão.

A médica otorrinolaringologista Iamma Radace explica que a rinite é um problema que acomete cerca 15% da população mundial, principalmente crianças, mas lembra que há tratamento e formas de prevenção. É preciso, contudo, ter o diagnóstico correto.

“O que desencadeia o problema é o contato com alérgenos ou agentes reativos, associados à instabilidade do sistema imunológico. A prevenção consiste basicamente no controle do ambiente, sobretudo o domiciliar que é passível de maior cuidado, além de ações de higiene pessoal rotineiras, entre as quais se inclui lavagem nasal”, detalha.

Já os tratamentos, destaca a médica, são de controle e dependem da qualidade e grau da rinite, e devem ser acordadas individualmente com o paciente. Há também a vacina que ajuda a dessensibilizar o paciente em relação ao alérgeno. E quando, mesmo fazendo o tratamento direitinho, ainda há a obstrução nasal por hipertrofia dos cornetos é recomendado fazer a cirurgia.

Foi o que fez o técnico em mecânica, Fabiano Bertuci Firmino. O fluminense de 32 anos convive com a rinite desde a infância, e já se fez todos os tipos de tratamento. Somente agora, após a cirurgia, é que sente que está respirando bem.

“Eu não sabia o que era respirar bem. Hoje, sendo um dia chuvoso, meu nariz estaria completamente entupido. Me sinto muito melhor, porque aprendi a respirar. Eu não tinha referência, fui crescendo respirando com dificuldade e assim me acostumei”, relata.

E o problema, que sempre piorava em período de mudanças climáticas, interferia diretamente na qualidade de vida dele. “Sempre que eu dormia poucas horas, era certo de manhã eu acordar com dor de cabeça. O mesmo acontecia quando eu fazia atividade física, porque o exercício exigia muito do corpo, mas a respiração não acompanhava. Jogando futebol ou malhando, tinha horas que parecia que minha cabeça ia explodir”.

Diagnóstico correto é essencial

A rinite é muito comum neste período porque a mudança brusca de temperatura e umidade favorecem a proliferação de microrganismos que a desencadeiam. O mofo é um dos vilões desta estação.  Dra. Iamma chama atenção para a importância de procurar um especialista logo que surgirem os sintomas.

As pessoas costumam confundir rinite com outros problemas de forte incidência nesta estação, como a sinusite, por exemplo, e acabam muitas vezes fazendo por conta própria um tratamento que não é o adequado para o caso.

“Estas doenças acometem locais diferentes, possuindo assim sintomas diferentes e tratamentos, algumas vezes, drasticamente diferentes. É necessária sempre a avaliação médica. É importante não banalizar a doença, como se costuma.”, afirma ela.

A médica explica ainda que há casos em que o incomodo no nariz, a coriza e a obstrução nasal persistentes, são causados por alergia alimentar, como a leite ou outros alimentos, de maneira indireta, comprovando mais uma vez a importância do acompanhamento médico da rinite. “A doença deve ser investigada quando não está claro o quadro de alergia respiratória”, detalha.

Governo do Estado inaugura Restaurante Popular em Touros

Francileia Soares, 30, e seu esposo Manoel Carlos da Costa, 38, moram em Touros, têm dois filhos e estão desempregados há mais de dois anos. O casal fez questão de ir no início da tarde de hoje participar do evento de inauguração do Restaurante Popular na cidade, a 37ª unidade aberta no estado pelo Governo do RN. Eles comentaram que a ação chegou num momento oportuno devido às dificuldades financeiras pelas quais estão passando. “Esse restaurante vai ajudar muitas pessoas, aqui tem muita gente que está desempregada, que precisa, está passando por necessidade”, disse a dona de casa. “Hoje eu estou aqui com minha família toda e vamos aproveitar bastante em outros dias também. Quem tiver um real é só correr para cá”, destacou o pedreiro.

O investimento no restaurante é de R$ 720 mil por ano, por meio de recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecope) para oferecer em média 500 refeições por mês. A unidade abriu na avenida 27 de Março, 108, no Centro de Touros e está funcionando de segunda a sexta, das 11h às 13h, ao preço simbólico de R$ 1 real cada refeição. A arrecadação obtida nos Restaurantes Populares vai para o custeio do Programa Transporte Cidadão. Assim, com o aumento das unidades há a possibilidade de expandir também o Transporte Cidadão para mais municípios.

Presente ao evento, o governador Robinson Faria comemorou o lançamento de mais um restaurante. “Hoje é um dia de agradecermos por estarmos entregando mais um patrimônio ao povo e por meio dele dar oportunidade e qualidade de vida para aqueles que mais precisam, através de um dos maiores programas sociais do RN”, declarou o chefe do Executivo Estadual.

Vagner Araújo, titular da secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), compartilhou da alegria. “Este é um programa que vai direto para o cidadão, levando segurança alimentar para aquelas pessoas com baixa renda. Nesse momento de crise é uma resposta para auxiliar e facilitar a vida de muitas famílias”, ressaltou.

O prefeito de Touros, Assis Andrade, agradeceu a iniciativa lembrando importantes obras que o Governo trouxe e que contribuem para o desenvolvimento do município, como o Café Cidadão e a construção do resort Vila Galé, que só foi possível graças à agilidade na emissão de licenças ambientais por parte do Idema. “Hoje estamos realizando um sonho, pois muitas vezes o pescador vai para a maré e não traz nenhum peixe. Considero um presente o Restaurante que o Governador está inaugurando para a nossa população, sobretudo a mais carente”, enfatizou o prefeito.

Em Assú, caminhoneiros são retirados de ponto de apoio na BR-304

A Policia Rodoviária Federal e a Força Nacional desbloquearam o trevo que dá acesso ao Município de Paraú e retirou os caminhoneiros que estavam no ponto de apoio. O movimento teve inicio no dia 24 de maio e foi encerrado na tarde de hoje (29).

Aos poucos os postos já começam a receber álcool e gasolina e o reabastecimento completo deverá acontecer até a próxima quarta-feira (30).

Os bloqueios de caminhoneiros nas rodovias que paralisaram o escoamento da produção em todo o país já provocaram perdas de ao menos R$ 10,2 bilhões, conforme as primeiras estimativas de diferentes setores.

Quadrilhas juninas de São Gonçalo do Amarante são contempladas com edital para auxílio financeiro

A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana divulgou o nome das quadrilhas beneficiadas pelo edital de apoio financeiro doado pelo Fundo Municipal de Cultura. Ao todo, 6 projetos serão beneficiados com o edital, sendo 5 na categoria matuta e uma estilizada.

Os contemplados na categoria receberão auxílio de R$ 3.000, com exceção do Arraiá Sabugo Dentro, que receberá R$ 4.000 por possuir mais de 10 anos de existência.

Confira as quadrilhas contempladas:

  • Arraiá Sabugo Dentro (Naldo Brito de Medeiros)
  • Quadrilha Tradicional Loucos do Gola (Fábio Souza Matias)
  • Quadrilha Tradicional Balão Dourado (Priscila da Silva Pinheiro)
  • Quadrilha Brilho Junino (Berenildo Miranda de Souza)
  • Quadrilha Tradicional da Juventude (Francisco Edson Cavalcante)

Na categoria estilizada, a contemplada foi o Arraial Coração Nordestino (Luiz Carlos da Silva), que irá receber o valor de R$ 6.000.

Ao todo, o investimento é de R$ 22.000. As quadrilhas contempladas se apresentarão no ciclo junino em São Gonçalo do Amarante, que ocorre entre os dias 12 de junho a 12 de julho.

Prefeitura de Mossoró desmente boatos e confirma realização do Pingo da Mei Dia neste sábado

A Prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, esclarece que são falsas as informações que circulam em redes sociais sobre a não realização da edição 2018 do Pingo da Mei Dia, abertura oficial do Mossoró Cidade Junina. As fotos que aparecem em postagens não são de trios elétricos que estarão na cidade para o evento.

O Município acompanha atentamente todo o desenrolar da greve dos caminhoneiros e ratifica que, até o momento, não há qualquer comprometimento na realização dos festejos. A previsão é de que os trios elétricos que vão circular no Corredor Cultural já estejam em Mossoró na sexta-feira, 1º.

O Pingo da Mei Dia abre oficialmente o São João de Mossoró no próximo sábado, dia 02. O percurso foi ampliado para este ano e a novidade é a inclusão de quatro trios no circuito da festa.