Blog

Henrique Alves tem CNH retida ao se negar soprar bafômetro em Natal-RN

Henrique Alves tem CNH retida ao se negar soprar bafômetro em Natal-RN

Henrique Alves foi parado em blitz na madrugada desta quinta (21). Operação Lei Seca prendeu 16 pessoas; 6 PMs também foram autuados.

O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB) se recusou a fazer um teste de bafômetro ao ser parado em uma blitz realizada pela Polícia Militar e Detran na madrugada desta quinta-feira (21) na Zona Sul de Natal. “Como não soprou o aparelho, a carteira de habilitação dele ficou retida”, afirmou o capitão Styvenson Valentim, coordenador da Operação Lei Seca no estado.

Seis policiais militares também foram autuados.Ainda segundo o capitão, Henrique Alves tem até cinco dias úteis para ir ao Detran reaver o documento. “Sem o teste do bafômetro não ficou comprovada a ingestão de bebida alcoólica. Assim, ele não vai responder criminalmente. Mas, ele ainda vai responder administrativamente e vai pagar multa de R$ 1.915,40”, explicou Styvenson. Ainda de acordo com o capitão, a blitz realizada na madrugada terminou com 16 pessoas presas e 132 CNHs recolhidas.

13054615_10204817975849397_304276922_o

A fiscalização aconteceu na rotatória da avenida Engenheiro Roberto Freire com a Rota do Sol, via de acesso às praias do litoral Sul potiguar. Um carro oficial do Estado foi apreendido. O veículo era conduzido por um policial militar, que também foi autuado por ser recusar a soprar o bafômetro. PMs da Paraíba, Pernambuco e de Brasília também irão responder administrativamente.

Via G1 RN

Implantação do Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte terá investimento de R$ 60 milhões

O Rio Grande do Norte ganhou mais um capítulo rumo ao desenvolvimento multissetorial. Na tarde desta terça-feira (19), o governador Robinson Faria anunciou na Governadoria, no Centro Administrativo, o lançamento do Parque Tecnológico. O evento contou as presenças do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, do diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern), Manoel Lucas, e de representantes das empresas Alfa Micro e Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), consórcio empresarial que realizou as análises técnicas do projeto.

O Parque tem como objetivo principal promover o desenvolvimento social, científico, econômico, a pesquisa e a inovação tecnológica aplicadas às cadeias produtivas das energias renováveis, da mineração, da pesca oceânica e da aquicultura. Os estudos de viabilidade técnica foram iniciados na semana passada e os resultados desta etapa serão apresentados na primeira semana de maio. O projeto é de responsabilidade da Secretária de Estado do Planejamento e das Finanças e Sedec, com contrato de consultoria assinado em 25 de fevereiro deste ano.

Lançamento Pq.Tecnológico_Demis Roussos (4)

O Parque Tecnológico se configura como um dos principais projetos para o pleno desenvolvimento do RN por meio da realização de pesquisas que gerem produtividade e competitividade às indústrias dos mais variados seguimentos. O investimento é da ordem de R$ 60 milhões.

Sobre a implantação da estrutura, o governador Robinson Faria falou: “O Parque Tecnológico é muito importante porque será parceiro de novas tecnologias para alavancar o setor fundamental  para a nossa economia. O RN nunca tratou ciência e tecnologia com a importância que devia, por isso nós estamos abraçando esse projeto que garantirá mais prosperidade para o nosso estado através da pesquisa também”, disse. 

Lançamento Pq.Tecnológico_Demis Roussos (2)

O titular da Sedec ressaltou a importância do Parque para o RN. “Com bons projetos conseguimos grandes interessados em investir no estado. Para isso vamos desenvolver a parte tecnológica para permitir que as empresas consigam ser competitivas no mercado.  Vamos criar um ambiente ideal para trabalhar efetivamente no desenvolvimento, pesquisa, inovação e grande avanço tecnológico”, disse Flávio Azevedo.

Policial Militar é morto a tiros em via pública de Mossoró

O crime aconteceu por volta das 06h20min desta manhã (20), no cruzamnto Av. Dix-Neuf Rosado com a Alberto Maranhão, Mossoró – RN, próximo ao Ginásio Pedro Ciarlini.

O policial Militar, Alribergue Lopes França, lotado no II BPM foi assassinado a tiros de pistola quando estava parado no semáforo. Segundo informações de testemunhas, dois indivíduos em uma moto se aproximaram e atiraram várias vezes no policial, que veio a óbito no local.

Os suspeitos conseguiram fugir.

13014958_10204813522458065_1969051262_n (1)

Quatro bandidos foram mortos nesta manhã (20) em Caicó, segundo a PM

A Central de Polícia Militar do 6º BPM confirmou nesta manhã, 20, que 4 homens que tentaram enfrentar a Polícia no sítio Salgadinho, morreram no Hospital Regional do Seridó em Caicó-RN.

Segundo informações da Polícia, a quadrilha poderia está comemorando o assassinato do Cabo Rangel, fato ocorrido ontem, 19. Quando o bando percebeu a presença da PM, reagiram, havendo troca de tiros. 6 conseguiram fugir, no local a PM apreendeu armas, drogas e dinheiro.

Sítio Salgadinho, local do confronto.
Sítio Salgadinho, local do confronto.

RN tem 85 casos confirmados de microcefalia, diz Sesap

Do G1 RN

O Rio Grande do Norte tem 85 casos confirmados de microcefalia até o dia 9 de abril. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (13) pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). De acordo com o boletim, o estado registra 414 casos suspeitos de microcefalia relacionados às infecções congênitas. Os casos notificados estão distribuídos em 81 municípios do estado.

Do total, 295 estão sob investigação, 85 foram confirmados e 34 foram descartados (descartados por apresentar exames normais, por apresentar microcefalia e/ou malformações congênitas por causas não infecciosas ou por não se enquadrar nas definições de casos).

images (1)

Dos casos notificados, 3,7% evoluíram para óbito após o parto ou durante a gestação (abortamento espontâneo ou natimorto), o que corresponde a 15 óbitos, sendo 9 confirmados e 6 ainda em investigação.  Dos 9 óbitos confirmados, 5 apresentaram resultado de exame de imagem com presença de alterações típicas indicativas de infecção congênita, e 4 foram confirmados por critério clínico-laboratorial com identificação do vírus Zika.

O Ministério da Saúde orienta as gestantes a adotar medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição aos mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

Chuva de Jazz no País de Mossoró dias 25 e 26 de maio

Mossoró foi escolhida para ser uma das cidades do Circuito Fest Bossa & Jazz 2016. E não foi escolhida à toa, claro. É a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, possui o maior número de eventos de grande porte e, claro, é o lugar ideal para se promover um evento de qualidade e com esse potencial turístico no mês que antecede outro mega evento: o Mossoró Cidade Junina. O festival também conta com o apoio das prefeituras das duas cidades.

bjazz1

O festival que já virou referência regional trazendo para o Rio Grande do Norte nomes nacionais e internacionais do Jazz, Blues e Bossa, agora chega às terras de Santa Luzia. São Miguel do Gostoso, que em 2015 fez parte do circuito, contará novamente com o festival.

Nesse primeiro semestre, o festival terá sua primeira etapa em Mossoró e São Miguel do Gostoso. A data está confirmada para o feriado de Corpus Christi, quando acontece em Mossoró na véspera, dia 25 e no feriado, dia 26 de maio. Em São Miguel do Gostoso, o Fest Bossa & Jazz acontece no fim de semana do feriado, dias 27, 28 e 29 de maio. As atrações serão anunciadas em breve, garante Juçara Figueiredo, idealizadora e produtora do evento.

“Ver Mossoró ser inserida no circuito do Fest Bossa Jazz, um dos maiores festivais do gênero do país, conhecido e reconhecido internacionalmente como um grande festival, me deixa muito orgulhosa por fazer parte deste processo de produção e de ter conseguido integrar a cidade por ser totalmente apropriada para este tipo de evento, por ter uma cultura forte e que não poderia ficar de fora. Mossoró ganhará muito, porque além de outros públicos, novas plateias, a cidade será movimentada com outro estilo musical e isso me deixa muito feliz como produtora cultural, como cantora e como ouvinte. Que bom que Mossoró fará parte do Fest Bossa Jazz 2016.” destaca Katharina Gurgel, co-produtora do evento em Mossoró.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da SETUR e EMPROTUR, com recursos do RN Sustentável irá apoiar a realização do evento nas duas cidades. O Fest Bossa & Jazz também conta com o apoio das prefeituras de Mossoró e São Miguel do Gostoso.

Anote na agenda e aguardemos as atrações!

Bebidas adoçadas: há uma porção ideal?!

O consumo de bebidas açucaradas, em diferentes partes do mundo, tem aumentado de maneira expressiva, principalmente no continente americano.

O consumo destas bebidas aumenta substancialmente os riscos de diversas doenças crônicas não-transmissíveis, principalmente diabetes do tipo 2, resistência à insulina, doenças hepáticas, obesidade, neurotoxicidade e doenças cardiovasculares, envolvendo mecanismos como estresse oxidativo, glicotoxicidade, alterações no metabolismo lipídico e inflamação. Isso ocorre devido à presença de açúcar adicionado na forma de xarope de milho rico em frutose ou açúcar de mesa (a base de sacarose, que é a junção da glicose com a frutose).

Nossa principal fonte de frutose natural na dieta vem das frutas frescas, que são extremamente benéficas à saúde. Entretanto, muitos produtos industrializados são adoçados com produtos a base de frutose artificial em grandes quantidades, o que representa um perigo à saúde.

sugar_in

Neste sentido, um estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Harvard, reitera os efeitos deletérios do consumo destas bebidas sobre a saúde cardiovascular e salienta o risco aumentado para o desenvolvimento de diabetes do tipo 2. A revisão, que incluiu meta-análises e estudos epidemiológicos recentes, evidenciou que o consumo diário de uma ou duas porções desse tipo de bebidas eleva em 26% o risco para diabetes do tipo 2, em 35% o risco de ataques cardíacos ou doença cardíaca fatal e em 16% o risco para acidente vascular cerebral.

Os pesquisadores ainda discutiram que a frutose – um monossacarídeo altamente presente nestas bebidas por meio da adição de xarope de milho ou sacarose – pode ser um fator determinante para o desenvolvimento destas doenças, uma vez que no processo de metabolização hepática esta frutose pode ser convertida em triacilglicerídeos, os quais em níveis elevados aumentam os riscos de resistência à insulina e, quando acumulados no fígado, podem desencadear esteatose hepática não alcoólica.

Desta maneira, os pesquisadores alertam que limitar o consumo de bebidas industrializadas açucaradas ou do açúcar de adição é uma conduta determinante para a prevenção do ganho de peso e doenças cardiometabólicas. Prefira sucos naturais.

images

Governador destaca pioneirismo do RN durante abertura do Fórum Nacional Eólico e Solarinvest 2016

O governador Robinson Faria destacou a posição de líder do Rio Grande do Norte na geração de energia eólica, durante a fala de abertura do Fórum Nacional Eólico e do Solarinvest 2016, ambos realizados na Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio Sales, no Centro Administrativo, em Natal. Os eventos, iniciados nesta segunda-feira, 18, seguem até amanhã, 19, com o propósito de discutir os aspectos regulatórios, operacionais e de política setorial do segmento de energias renováveis.

“Temos hoje o maior número de megawatts instalados, o maior número de turbinas instaladas e as duas cidades com maior geração do Brasil: Parazinho e João Câmara. Com 120 parques eólicos em operação e outros 50 em produção, o RN é responsável pela geração de 2,6 gigawatts. Isso é mais de 30% de toda a geração deste tipo de energia no Brasil”, destacou Robinson Faria.

Solarinvest 2016_Demis Roussos (5)

O líder do executivo estadual ainda lembrou que a fonte eólica deve criar até 2019, um total de 35 mil novas vagas de emprego. Só em 2016, a estimativa é que sejam gerados 10 mil empregos, entre diretos e indiretos.

Os avanços do segmento são, segundo Robinson, motivados também pelo cumprimento do papel do governo estadual, que não tem medido esforços para dar celeridade à instalação de novos empreendimentos. Só em 2015, por meio do Instituto de Desenvolvimento do Meio Ambiente (Idema), foram emitidas cerca de 150 licenças prévias para parques eólicos.

A celeridade do Idema na emissão de licenças foi elogiada pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte, Amaro Sales. “O avanço conquistado na emissão de licenças tem relação com a exigência do governador Robinson em ter um diretor técnico, e é a prova que é possível melhorar quando se quer”, assinalou.

O diretor nacional do grupo Serveng – responsável pelo empreendimento de energia eólica Ventos Potiguares, Mário Silva, elogiou a participação do governo estadual em promover melhorias para setor. Além disso, destacou que enxerga um futuro promissor para o RN e afirmou que estado possui a capacidade de receber o dobro do investimento que detém hoje.

Entre outras autoridades, ainda integraram a mesa de abertura, o diretor técnico da Associação Brasileira de energia Eólica (Abeeólica), Sandro Yamamoto, o presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) , o deputado estadual Souza Melo, o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal, Marcelo Rosado, e o diretor presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia  (Cerne), Jean-Paul Prates.

EVENTO

O Fórum Nacional Eólico, também chamado de carta dos Ventos, e o Solarinvest, que acontecem pela primeira vez de forma concomitante, tiveram sua primeira edição realizada na capital potiguar em 2009. Para o presidente nacional do Fórum, Ricardo Sucesso, o retorno ao Rio Grande do Norte foi uma decisão bastante acertada.

“Muito bom fazer no RN um evento nacional com abrangência internacional. A gente percebe a excelência dos fornecedores e hospitalidade das instituições públicas e privadas. E o principal foi o extraordinário apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, que foi decisivo para essa realização. Fazer o fórum no RN foi a melhor decisão.”

A primeira Carta dos Ventos, emitida em 2009, contou com a assinatura do governador Robinson Faria, então presidente da Assembleia Legislativa.

Solarinvest 2016_Demis Roussos (1)

PARQUE TECNOLÓGICO

Durante a abertura dos dois eventos, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, anunciou o início de trabalhos para construção do Parque Tecnológico do RN, que representa um grande passo na área de pesquisa e inovação também no que se refere a energias renováveis.

“O parque vai dar condições de empresas instalarem suas pesquisas em energia solar e eólica em espaços seguros e com toda infraestrutura. É um empreendimento financiado pelo Banco Mundial, estimado em 44 milhões de dólares, e que deve ficar pronto em 24 meses”, explicou Azevedo.

Carros fumacê atenderão mais nove bairros de Mossoró

Após concluir as atividades nas cinco regiões com maiores Índices de Infestação Predial (IIP), os carros fumacê contemplarão mais nove bairros e uma comunidade rural. Os veículos iniciarão as ações na próxima quinta-feira, 21, e trabalharão durante 15 dias (incluindo feriados e finais de semana) em todas as ruas dos bairros de Abolições, Alto de São Manoel, Barrocas, Bom Jardim, Costa e Silva, Ilha de Santa Luzia, Paredões, Santo Antônio e Santa Delmira, além da comunidade rural da Barrinha.

A escolha desses locais se deve a elevada quantidade de notificações que foram enviadas à Vigilância à Saúde de pessoas que deram entrada nas unidades de saúde com suspeitas e/ou confirmações de alguma doença relacionada ao Aedes aegypti nas últimas semanas. Além disso, também foi levado em conta o IPP desses bairros que estão acima do aceitável pelo Ministério da Saúde, que é de até 1%. Esse índice mostra a quantidade de larvas do mosquito encontrada em determina região.

Durante os próximos 15 dias, os veículos percorrerão 1.322 quarteirões, podendo ter as atividades suspensas em dias de chuvas. Os carros iniciarão as atividades sempre das 4h às 7h e das 16h às 19h. A Secretaria de Saúde aconselha a população a abrir as portas e as janelas durante a passagem dos carros. Deve-se ter cuidado para o inseticida expelido não entrar em contato com alimentos e evitar que animais sejam expostos excessivamente ao veneno.

A secretária municipal de Saúde, Leodise Cruz, afirma que as atividades dos carros fumacê integram o Plano Municipal de Combate ao Aedes, que prevê uma série de ações contra o mosquito. “É importante destacarmos que essa é uma ação emergencial e provisória. A forma mais eficaz de combater o vetor é não permitir que nasçam as larvas. Por isso, a Secretaria insiste em pedir a população que mantenha o combate ao mosquito dá melhor forma, não deixando água parada”, acrescenta.

De acordo com a coordenadora da Unidade de Endemias, Karla Cartaxo, o carro fumacê é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Mossoró. Ela acrescenta que o veículo só pode ser utilizado quando o Município já apresenta surtos ou epidemias de doenças relacionadas ao Aedes. “O Ministério da Saúde preconiza que o inseticida seja utilizado como um dos últimos recursos no combate ao mosquito. O ideal é intensificarmos as medidas e não deixarmos que as larvas nasçam, eliminando todos os recipientes que acumulem água. Por isso, estamos pedindo a colaboração de todos para que, juntos, possamos vencer esta guerra contra o vetor”, afirma.

Entenda a seleção dos oito bairros:

A seleção dos bairros se dá através de monitoramento constante da Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró e da Secretaria Estadual de Saúde Pública- SESAP. Os dois órgãos, que se reúnem constantemente, levam em consideração as seguintes estatísticas: a quantidade de notificações de casos suspeitos de alguma doença relacionada ao Aedes (dengue, febre Chikungunya ou Zika vírus) e o Índice de Infestação Predial.

No primeiro ciclo, os carros fumacê percorreram, num período de 20 dias ininterruptos, os bairros de Planalto 13 de Maio, Dom Jaime Câmara, Aeroporto, Sumaré e Belo Horizonte, locais que apresentam IPP acima de 10%. Nessa segunda etapa, serão percorridos bairros com IPP acima de 1% e elevado número de notificações.

A secretaria ainda lembra que outros bairros poderão ser acrescentados posteriormente, a depender do crescimento das notificações nas últimas semanas, de acordo com o monitoramento feito pelas secretarias. O Município apresenta um IPP de 5.7%, considerado elevado. O bairro que lidera o IPP, neste segundo ciclo, é a Ilha de Santa Luzia, com 14,2%; logo após vem os Paredões, com 13%, Alto de São Manoel, 7,9%; Barrocas, 5.4%, Santa Delmira, 3.8%, Santo Antônio, 3.4%; Costa e Silva, 1.8%; Abolições, 1.6%.

Todo o Município possui um IPP de 5.7%. Nos próximos dias, as equipes intensificarão a vigilância às notificações das doenças relacionadas ao Aedes aegypti, com objetivo de acompanhar os números e ampliar as ações. “Para isso, enviamos um ofício às unidades de saúde, públicas e privadas, solicitando que os profissionais não esqueçam de notificar casos suspeitos ou confirmados e enviá-los à Vigilância, setor responsável pela implantação das políticas de combate ao mosquito e pelo monitoramento das doenças”, conclui Geizarelle Soares.