Tag: blues

Mossoró terá noite de Mix Musical e Lua Nova no próximo Sábado (11)

Um evento cultural que une os mais diversos gostos musicais ocorrerá no próximo sábado (11) em Mossoró. Para os adoradores da Lua Nova, será uma noite cheia de ritmos, apresentações musicais, poesias e alegrias. Com MPB, Rock, Blues, um verdadeiro mix de ritmos irá ocorrer na petiscaria mais charmosinha da cidade. Tudo isso no comando de Nida Lira, Monte Neto e grandes convidados. Os organizadores convidam o público, amigos e familiares para apreciar a Lua Nova e uma boa música.

SERVIÇO:

LUA NOVA – I MIX DE RITMOS (Jam Session)

DATA: 11 DE AGOSTO 

HORA: 19h (Entrada franca) 

LOCAL: MONT´S PETISCARIA ( Rua Nereu, 30 – Monte Olimpo, Sumaré, Mossoró/RN)

Mais informações: (84) 99165-9801

Hoje tem blues na praia

A Desert Blues Jam é uma banda de blues de Mossoró/RN formada em 2016 por membros do clube de blues da cidade, o Desert Blues Clube, que há 3 anos vem difundindo o gênero através de encontros e eventos com artistas e bandas do Nordeste.

Como é comum entre as bandas de blues, a Desert Blues Jam resgata músicas que fizeram o gênero mundialmente conhecido, através de releituras em forma de jam session. No set list você vai ouvir canções de Robert Johnson, BB King, Albert King e Buddy Guy, e ocasionalmente algumas canções autorais.

A banda é formada por Jean Lone (vocal e guitarra), Paulo Ricarte (baixo), Wilson Neto (bateria) e Gerlan Silva (teclado).

Nesta sexta-feira, 10, acontece o “Blues na Praia” na paradisíaca Ponta do Mel, a partir das 22h, na Barraca Lua com Mel. Uma excelente oportunidade para que os mossoroenses e amantes do gênero divirtam-se ouvindo o melhor do blues.

IMG-20170210-WA0024

SERVIÇO: Blues na Praia

LOCAL: Barraca Lua com Mel – Praia de Ponta do Mel (fica a 67,4 km de Mossoró)

VALOR INGRESSO: R$ 10,00

Informações: Jean Lone (84) 98703-3090 / Sara (85) 98616-0124

Festival Jazz & Blues celebra sua 18ª edição em 2017

Dezoito anos atrás, quem ouvia falar em Carnaval no Nordeste pensava logo nos dias de folia, com carros de som, muito sol e praia. Mas desde o ano 2000, Carnaval é associado também a jazz, blues, região serrana e o friozinho gostoso de Guaramiranga.

Em 2017, o Festival Jazz & Blues chega à 18ª edição como a opção preferida de milhares de pessoas que não abrem mão da diversão, mas ambientada na beleza da serra e curtindo a rica programação que o evento proporciona ao longo dos quatro dias em Guaramiranga e no pós-Carnaval em Fortaleza.

O Festival convidou um time de peso para comemorar sua maioridade. Logo no primeiro dia, o público da Cidade Jazz & Blues vai cantar junto com o carioca Jorge Vercillo.

1

E ele sobe a serra muito bem acompanhado! Além da banda formada pelos feras André Neiva (contrabaixos, vocal e direção musical do show), Misael da Hora (teclados e vocal), Claudio Infante (bateria) e Bernardo Bosisio (violão, guitarra e vocal), Jorge Vercillo recebe um convidado especial: o guitarrista Sandro Albert, gaúcho residente há 20 anos nos Estados Unidos, onde lançou seis CDs autorais com participações de grandes nomes do Jazz Americano e mundial.

Sandro Albert (RS/EUA)
Sandro Albert (RS/EUA)

A base do espetáculo será o repertório do disco “Vida é Arte”. Um verdadeiro show de virtuosismo com muita gente boa no palco!

Serviço
18° Festival Jazz & Blues – De 25 a 28 de fevereiro de 2017 em Guaramiranga e de 02 a 05 de março de 2017 em Fortaleza (Cineteatro São Luiz e Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura).
Ingressos: Shows dos dias 25 a 28, às 21h em Guaramiranga: R$ 40 / R$ 20. Shows dos dias 03 a 05, no Cineteatro São Luiz: R$ 20 / R$ 10. O restante da programação tem acesso gratuito. Informações: (85)3262.7230. www.jazzeblues.com.br. Instagram: @festivaljazzeblues Facebook: Festival Jazz & Blues (CE). Informações e reservas de Expresso Jazz & Blues: jazzebluesexpresso@gmail.com.

jazz

Fest Bossa & Jazz leva mais de 6 mil pessoas à Estação das Artes em Mossoró

As duas noites do Fest Bossa & Jazz Circuito 2016 em Mossoró foi um sucesso e receberam mais de seis mil pessoas, segundo os organizadores.

A primeira noite teve início com um cortejo da Bossa & Jazz Street Band, que percorreu as ruas do centro, saindo da Praça da Convivência até a Estação das Artes, convidando o público a participar dos shows. A Bossa & Jazz Street Band é formada por músicos do interior do Rio Grande do Norte, e coordenada pelo maestro português Eugênio Graça.

boosa
Bossa & Jazz Street Band. Foto: GBHD (Oswaldo Neto)

 

A Brazuka Jazz, banda local, abriu a noite no palco Mossoró e fez um passeio pela música brasileira, mostrando também suas influências jazzísticas. Como convidado especial da noite, a banda recebeu o produtor, cantor e compositor de suingue e timbre marcantes, Wilson Simoninha, que fez um show mesclando de clássicos com canções autorais. A música Sá Marina foi acompanhada pelo público, que contou e agradeceu com muitos aplausos.

A segunda atração foi o músico, compositor e arranjador do Pará, Ney Conceição, referência nacional quando o assunto é baixo elétrico. Sua apresentação foi acompanhada de outros músicos, em formato quarteto, e também agradou muito.

A atração internacional encerrou a noite e fez muita gente dançar. Os americanos Shawn Holt and The Teardrops subiram ao palco passava das 23h, quando fez uma bela apresentação de blues, que encantou quem assistiu.

O público gostou do que viu no primeiro dia.

13254132_1074171005955679_7086330527513252720_n
Nida Lira e Kelly Lira. Foto GBHD (Oswaldo Neto)

Na segunda noite, a banda mossoroense Frequência2, que originalmente é formada por Anderson Lima (voz, guitarra e efeitos) e Gustavo Almeida (bateria, samplers, scratch e loops) abriu a programação de shows com um excelente repertório, passeando entre clássicos da MPB, como “Cotidiano” (Chico Buarque), do jazz e do  pop, com novos arranjos e pegada eletrônica. Em seguida, a banda convidou as cantoras Nida Lira e Kelly Lira, que mantiveram o público entusiasmado embalando sambas e bossas com interpretações bastante aplaudidas. No repertório, Vinicius de Moraes, Nina Simone, João Donato, João Bosco, entre outros grandes compositores.

13267887_1074203425952437_297469126698220143_n
Leila Pinheiro. Foto GBHD (Oswaldo Neto)

Com o show “Voz e Piano”, a paraense Leila Pinheiro cantou grandes sucessos de sua carreira e fez o povo de Mossoró se emocionar e cantar junto.

Para encerrar a segunda noite e mantendo a tradição dos festivais que acontecem mais próximos ao RN, não poderia faltar o bom e velho blues. Aos primeiros acordes e bands da guitarra do bluesman cearense Artur Menezes, as pessoas se aproximaram do palco e dançaram durante uma hora e meia. Um show performático e envolvente, com execuções primorosas e muitos aplausos.

13254679_1074240735948706_436577815375490814_o
Artur Menezes. Foto GBHD (Oswaldo Neto)

Após o show, boa parte do público dirigiu-se ao Bar Virgulino, no Hotel Thermas, para mais uma noite de jam session, que arrastou-se pela madrugada para deleite dos admiradores do gênero.

Além de ouvir boa música, o público que foi até a Estação das Artes degustou cardápios variados oferecidos pelos food trucks montados especialmente para o evento.

Totalmente gratuito, o festival é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Setur e Emprotur, com recursos do RN Sustentável, e patrocínio da Cyrela Plano & Plano e o Sesc como parceiro. Juçara Figueiredo, idealizadora do festival, divide o mérito do sucesso na realização deste circuito em Mossoró com a produtora Katharina Gurgel, da Lube Produções e Eventos.

Oficinas
Como parte da programação do Fest Bossa & Jazz Circuito 2016 em Mossoró, realizou-se nos dois dias do eventos, no auditório da Estação das Artes, um workshop com o baixista Ney Conceição e com o  guitarrista Artur Menezes, que ensinaram  técnicas para músicos, estudantes de música e curiosos.